Porto Alegre

Em protesto, taxistas pedem mais fiscalização ao Uber e outros aplicativos

Grupo iniciou uma carreata pela Avenida Júlio de Castilhos

09/03/2017 - 07h55min | Atualizada em 09/03/2017 - 11h33min
Em protesto, taxistas pedem mais fiscalização ao Uber e outros aplicativos Ronaldo Bernardi/Agência RBS
Foto: Ronaldo Bernardi / Agência RBS  

Dezenas de taxistas protestam na manhã desta quinta-feira na área central de Porto Alegre pedindo mais fiscalização aos aplicativos de transportes de passageiros como o Uber e o Cabify.

Eles se reuniram no Largo Glênio Peres entre meia-noite e 7h30 da manhã. Em seguida, percorreram algumas vias da área central e estacionaram os carros na rua Sepúlveda, nas imediações da praça da Alfândega. 

Os taxistas querem ser recebidos pelo prefeito de Porto Alegre Nelson Marchezan Júnior.

Leia também:
Vereadores mantêm veto à cota de motoristas mulheres no transporte por app
Apps de táxis partem para a concorrência com Uber e Cabify  


O projeto que regulamenta os aplicativos foi aprovado em outubro e específica vários ítens, como por exemplo, a obrigatoriedade para que os veículos sejam emplacados em Porto Alegre. A lei passa a vigorar a partir desta quinta-feira. 

No entanto, os taxistas alegam que a prefeitura não tem dado nenhuma garantia que haverá fiscalização.

Leia mais notícias de ZH 

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.