Transporte público

Alegando redução de custo, Carris opera com menos ônibus na Capital

Responsável por transportar cerca de 250 mil passageiros por dia em Porto Alegre, empresa reduziu frota e retirou 11 carros de circulação

06/04/2017 - 16h15min | Atualizada em 06/04/2017 - 16h15min
Alegando redução de custo, Carris opera com menos ônibus na Capital Félix Zucco/Agência RBS
Menos ônibus da Carris estão circulando por Porto Alegre Foto: Félix Zucco / Agência RBS  

Responsável por transportar diariamente quase 23% dos passageiros da Capital – cerca de 250 mil usuários por dia –, a Carris está operando com 11 carros a menos. Segundo a empresa, a redução na frota é resultado da queda do número de passageiros, registrada em 2016. As informações são da Rádio Gaúcha.

Leia mais: 
Prefeitura tem 72 horas para se manifestar sobre ação do PSOL 
Com aumento da passagem de ônibus, integração do Trensurb vai a R$ 5,18
Marchezan assina decreto que eleva passagem de ônibus para R$ 4,05

Os 11 ônibus retirados de circulação seriam os mais antigos da frota e não serão repostos, pelo menos por enquanto. A Carris alega que a desativação foi autorizada pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) a partir da readequação do sistema de transporte nos horários fora do pico. Além disso, a companhia garante que não teria prejuízo para os usuários.

A EPTC, por sua vez, afirma que não autoriza mudanças na tabela de horário e que já aplicou mais de 1,7 mil multas, só neste ano, por desrespeito ao cronograma de viagens. Para a EPTC, não interessa o tamanho da frota das empresas, desde que os horários sejam respeitados.

Procurada, a Associação dos Transportadores de Passageiros (ATP) não quis se manifestar, alegando que o assunto cabe às empresas. 

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.