Serviços públicos

Atraso de salário prejudica coleta de lixo em Porto Alegre neste sábado

Empregados de empresa terceirizada se negaram a trabalhar

Por: Zero Hora
08/07/2017 - 10h38min | Atualizada em 08/07/2017 - 10h38min

A coleta de lixo domiciliar está prejudicada em Porto Alegre neste sábado (8). Empregados da Belém Ambiental, uma das empresas terceirizadas para esse tipo de serviço na Capital, se negaram a trabalhar por causa do não pagamento de salário. Os garis aguardavam o pagamento na sexta-feira, mas foi prorrogado para segunda-feira.

Conforme o secretário municipal de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário, o problema envolve a Belém Ambiental, pois a prefeitura antecipou à empresa verba que deveria ser paga em agosto.

— Foi liberado recurso adiantado na sexta-feira. Por questões de horário bancário, vai estar disponível na segunda-feira — afirma.

Leia também:
Agências da Caixa abrem neste sábado para pagamento do FGTS inativo
Apenas 0,22% dos boletos serão afetados por mudança a partir de segunda-feira

Conforme Rosário, a antecipação se deve ao fato de que a Belém Ambiental enfrentaria problemas financeiros.

— A prefeitura tem uma dívida pendente com empresa desde 2016, referente à administração anterior— garante, sem citar valor.

O secretário disse que um diretor do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) foi até a empresa neste sábado para ajudar a resolver o impasse. Rosário lembrou que a Belém Ambiental é responsável pela coleta de lixo domiciliar em mais da metade da Capital e, para amenizar prejuízos, o DMLU busca soluções com uso de caminhões que atuam na coleta seletiva e de combate a focos de lixo. Zero Hora telefonou para a Belém Ambiental, mas um funcionário disse que não estava autorizado a prestar informações.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.