Guerra de versões

Prefeitura de Porto Alegre afirma que abrirá sindicância para apurar briga entre vereador e servidor 

Fato também foi registrado pelos envolvidos na Polícia Civil

10/07/2017 - 18h08min | Atualizada em 10/07/2017 - 18h09min

A prefeitura de Porto Alegre anunciou, nesta segunda-feira, que abrirá uma sindicância para esclarecer a briga envolvendo o vereador Valter Nagelstein (PMDB) e o servidor municipal José Augusto Marchand na sexta-feira, dentro de um prédio do Executivo.

A briga virou caso de polícia e uma guerra de versões: enquanto o parlamentar relata ter sido empurrado no corredor do edifício no Centro Histórico — o que teria originado uma reação sua —, o funcionário público diz que foi chamado em uma sala e sofrido agressões do vereador.

Leia mais:
Após tumulto, Câmara aprova aumento da contribuição previdenciária 
Marchezan anuncia que Porto Alegre terá legislação para regulamentar parklets

Ambos registram ocorrência policial: Nagelstein na 1ª Delegacia da Polícia Civil (Centro) e Marchand na 2ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (Santana).

elegacia de Polícia de Pronto Atendimento (Santana).

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.