Alerta

Prefeitura de Porto Alegre faz mobilização para orientar população sobre leishmaniose

Cartilha é distribuída com informações sobre doença que matou três pessoas desde setembro do 2016

01/07/2017 - 14h06min | Atualizada em 01/07/2017 - 14h21min
Prefeitura de Porto Alegre faz mobilização para orientar população sobre leishmaniose Cristine Rochol/PMPA
A leishmaniose é transmitida pela picada do mosquito-palha Foto: Cristine Rochol / PMPA  

Profissionais da prefeitura de Porto Alegre estão neste sábado (1º) no Morro Santana, na Zona Leste, para orientar moradores sobre como cuidar dos cães para evitar a transmissão da leishmaniose.

Uma cartilha com informações sobre a doença está sendo distribuída para a população. Três pessoas já morreram desde setembro do ano passado. A região é considerada endêmica, com cães infectados. 

Leia mais:
Morre terceira vítima de leishmaniose em Porto Alegre
Justiça nega pedido da prefeitura para sacrificar cães com leishmaniose

Em maio, a prefeitura suspendeu o sacrifício de 14 cães após pedido de entidade de defesa dos animais. O caso parou na Justiça, que negou pedido da Secretaria de Saúde de Porto Alegre para fazer a eutanásia imediata dos cães com leishmaniose. Desde então, os cães que seriam sacrificados seguem sob cuidado da prefeitura.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.