Transporte público

Trens em manutenção só serão devolvidos à Trensurb em outubro 

Veículos deveriam ter sido entregues em maio 

05/07/2017 - 12h37min | Atualizada em 05/07/2017 - 12h37min
Trens em manutenção só serão devolvidos à Trensurb em outubro  Félix Zucco/Agencia RBS
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS  

Recolhidos para reparos em abril de 2016, os últimos cinco dos 15 novos trens da Trensurb deverão voltar a operação somente no mês de outubro. Os reparos destes cinco trens deveriam ter sido concluídos pelas empresas Alstom e CAF — responsáveis pela construção dos veículos e pelos consertos — no mês de maio. 

Em abril de 2016, toda a nova frota foi retirada de operação após a identificação de que havia infiltração nos rolamentos nos veículos, que custaram R$ 242,6 milhões quando foram adquiridos, em 2012. A Trensurb não se manifesta publicamente sobre o assunto. O Ministério Público Federal (MPF) havia fixado o prazo de 20 de maio para a retomada de todos os novos veículos, o que acabou não ocorrendo. 

Leia mais
Trensurb dá prazo para empresas apresentarem nova entrega dos trens fora de circulação
Trensurb multa construtores dos novos trens em R$ 2,4 milhões por defeito de fabricação
Entenda o que está sendo feito no recall dos novos trens da Trensurb

Para suprir a demanda, a Trensurb precisa colocar todos os mais de 20 trens antigos em funcionamento. A medida causa aumento na conta de luz que a empresa paga, pois os estes veículos consomem mais energia. Somente em 2016, o custo extra estimado em R$ 2,73 milhões. A Trensurb promete que este valor será cobrado das empresas que construíram os novos veículos.


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.