Pelos ares

Trensurb aposenta projetos de criação de novas linhas do Aeromóvel 

Ideia era oferecer transporte para a Arena do Grêmio e para a Zona Sul de Porto Alegre

21/07/2017 - 10h18min | Atualizada em 21/07/2017 - 10h26min
Trensurb aposenta projetos de criação de novas linhas do Aeromóvel  Marcopolo/Coester/Divulgação
Obra do Aeromóvel de Canoas ainda não saiu do papel Foto: Marcopolo/Coester / Divulgação  

Quatro anos depois de anunciar projetos de criação de novas linhas do Aeromóvel em Porto Alegre, a Trensurb informa que aposentou a ideia. Pelo menos, por enquanto.

Segundo o diretor-presidente da empresa, é preciso esperar mais. David Borille está de olho no projeto do Aeromóvel de Canoas. Ele diz ter muitas perguntas, que serão respondidas a partir do início das operações que irá ligar os bairros Mathias Velho e Guajuviras, passando pelo Trensurb.

- Os projetos de expansão do Aeromóvel não está avançando. Estamos esperando os resultados de Canoas - informa Borille.

Leia mais:

"Se não cumpre a função prática, fica questionável", diz diretor da empresa do aeromóvel sobre estrutura suspensa no Centro

Projeto do aeromóvel para a Região Metropolitana tem investimento estimado de R$ 10 bilhões

Capital estuda aeromóvel para ligar o Centro à Zona Sul

Este projeto, que é desenvolvido pela prefeitura, prevê veículos maiores, transportando mais passageiros ao mesmo tempo, em duas vias, de forma simultânea e em um traçado de 15 quilômetros. Esse é um plano completamente diferente do atual modelo de linha que a Trensurb tem, entre a estação do trem e o Aeroporto Salgado Filho. 

O problema é que o atual prefeito de Canoas Luiz Carlos Busato decidiu não dar prosseguimento ao projeto do seu antecessor enquanto não encontre algum parceiro para dividir os custos de construção do aeromóvel. Em fevereiro, a prefeitura e o Governo Federal iniciaram uma discussão envolvendo a empresa chinesa China Railway First Group (CRFG). A ideia seria criar oito linhas de aeromóvel entre municípios da Região Metropolitana em troca da concessão da Trensurb por 30 anos, mas, por enquanto, a prefeitura informa que não há avanço ou novidade sobre esse projeto.

Em maio de 2013, a Trensurb anunciou a realização de um estudo de demanda de de uma linha de 18 quilômetros do Aeromóvel, da Estação Mercado até a Avenida Juca Batista. Dois meses depois, foi a vez da empresa divulgar a intenção de criar uma linha de transporte até a Arena do Grêmio. Em fevereiro e março de 2014, a Trensurb divulgou a suspensão dos projetos, mas com intenção de executá-los em breve.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.