Lanceiros Negros

Famílias que ocupavam prédio no centro de Porto Alegre terão aluguel social de R$ 500

Reunião nesta sexta-feira garantiu que benefício será válido por seis meses 

Por: Eduardo Paganella
25/08/2017 - 17h24min | Atualizada em 25/08/2017 - 17h24min

Uma reunião realizada na tarde desta sexta-feira (25) entre Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, por meio do Departamento Municipal de Habitação (Demhab), e um comitê de interlocução voltado à ocupação Lanceiros Negros Vivem garantiu que as famílias que desocuparam um prédio no centro de Porto Alegre na quinta-feira (24) tenham direito a um aluguel social de R$ 500 por seis meses. Ao todo, 24 famílias que estão alojadas temporariamente no Centro Humanístico Vida, na zona norte da Capital, receberão o benefício. 

Agora, as famílias terão que procurar residências para alugar. Depois, a prefeitura de Porto Alegre vai bancar o benefício às pessoas durante seis meses. 

Leia mais
Demhab diz que famílias retiradas de prédio no Centro não podem ser realocadas na Restinga
BM cumpre reintegração de posse de prédio ocupado pelo movimento Lanceiros Negros no Centro

Na reunião desta tarde, também foi explicado ao comitê os motivos que impedem o Demhab de liberar habitações para as famílias nos prédios do Residencial Jardim Belize, no bairro Restinga. A proposta havia sido apresentada na quinta, quando foi acordada a desocupação do prédio. Porém, conforme o departamento, o espaço está destinado a outras famílias, que estão cadastradas no programa Minha Casa, Minha Vida.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.