Velocidade

Estamos em Obras: contratos dos pardais e lombadas de Porto Alegre são prorrogados por mais um ano

Prefeitura irá investir quase R$ 7 milhões por mais 12 meses

05/09/2017 - 10h48min | Atualizada em 05/09/2017 - 17h51min
Estamos em Obras: contratos dos pardais e lombadas de Porto Alegre são prorrogados por mais um ano Carlos Macedo/Especial
Foto: Carlos Macedo / Especial  

As ruas e avenidas de Porto Alegre seguirão monitoradas por pardais e lombadas eletrônicas. Pelo menos por mais um ano.

Nos últimos dias, a EPTC prorrogou os dois contratos em vigor. O vínculo com a Perkons, responsável pelos pardais, valerá até 18 de agosto de 2018. 

A empresa receberá pelos próximos 12 meses o valor de R$ 4,5 milhões pela locação, controle e manutenção dos equipamentos. Do montante pago pela prefeitura houve uma redução de R$ 531,5 mil.

Leia mais:
EPTC retira pardais de vias que tiveram redução de acidentes em Porto Alegre
EPTC diz que liberar corredores para carros em dia de greve traz riscos
Teve o veículo furtado na área azul e quer pedir indenização? Saiba se é possível

O motivo é a diminuição do monitoramento em 14 faixas de trânsito. Os equipamentos foram retirados de quatro lugares: dois pontos da Avenida Nilo Peçanha e dois da Rua Silva Só.

O contrato, que foi assinado em 2015, já foi prorrogado em 2016 e em 2017 e só poderá ser renovado por mais dois anos. Ao todo, são 47 pardais monitorando 119 faixas de tráfego. 

O controle nas lombadas eletrônicas, que encerrava em setembro de 2017 também está mantido até 2018 e pode ter duração máxima de cinco anos. A empresa Eliseu Kopp irá receber R$ 2,27 milhões por mais 12 meses. Ela é a responsável pelos 37 equipamentos que monitoram 64 faixas de trânsito.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.