Trensurb

No final da plataforma, uma biblioteca para se perder antes do embarque

Espaço disponibiliza retirada gratuita de livros na plataforma da estação Mercado

Por: Jéssica Rebeca Weber
18/09/2015 - 22h07min

Acostumado a subir as escadas e a se juntar à multidão à espera do trem, Fabrício Drumond, 18 anos, nunca tinha ido até o final da plataforma da Estação Mercado, onde há algo capaz de o levar muito além de Sapucaia ou Novo Hamburgo. A convite do Pelas Ruas, o estudante tirou cinco minutos para conhecer a biblioteca Livros sobre os Trilhos, que tem um acervo de mais de 6 mil livros disponíveis para retirada de forma gratuita.

— Isso é muito legal. Vou começa a frequentar — destacou o jovem.

Piratas de um lado, tecnologia de outro: uma locadora a menos na Capital
Voluntários conseguem verba para reerguer Cidade da Bicicleta

De acordo com o gerente de comunicação da Trensurb, Jairo Ayres, há uma lacuna considerável na relação de pessoas que passam pela estação e que frequentam o espaço. Ele afirma que a empresa está trabalhando, por meio de ações de divulgação, para que mais usuários do trem se matriculem e integrem a corrente de leitura. Ayres destaca que o objetivo da biblioteca é levar a literatura para mais perto do povo e incentiva que o usuário comece a ler ali mesmo:

— Se tu vai fazer uma viagem de 40 minutos, é bacana desligar o celular e ler um livro. Não tem coisa melhor.

Iara Souza Dornelles, 62 anos, foi uma das poucas frequentadoras que a reportagem encontrou na biblioteca na tarde desta sexta. Ele retira livros a cada dez dias, aproveitando que precisa passar por ali — mora em Esteio e trabalha em Porto Alegre, e utiliza o trem diariamente.

De Graforréia a Magal, projeto espalha trechos de clássicos por Porto Alegre
Estreantes em ONG, novos doutores palhaços levam sorriso a hospital de Porto Alegre

— Tem pouca gente que frequenta a biblioteca, a maioria prefere ficar no celular. Mas não sabem o que estão perdendo, porque, com a leitura, conheceriam outros países sem sair do lugar. E também aprenderiam a escrever, porque é sofrível ver as pessoas escrevendo na internet — diz ela.

Como me cadastro?

Para utilizar o serviço, é necessário apenas fazer um cadastro gratuito. Os interessados devem apresentar documento de identidade, CPF, comprovante de residência atual (originais e cópias) e uma foto 3x4. Menores de 18 anos devem estar acompanhados dos pais. Os leitores são cadastrados e recebem uma carteira de identificação com foto e código de barras para usar o serviço.

Mantida por meio de parceria entre Trensurb e Instituto Brasil Leitor, a biblioteca funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 20h, na plataforma de embarque da Estação Mercado. O local também recebe doação de livros.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.