Zona Sul

Bancos da Orla de Ipanema estão quebrados e sem manutenção

Problema foi registrado por usuários do aplicativo Pelas Ruas

26/06/2017 - 16h19min | Atualizada em 26/06/2017 - 16h19min
Bancos da Orla de Ipanema estão quebrados e sem manutenção Marina Pagno/Agência RBS
Frequentadores do espaço reclamam da falta de manutenção e do abandono da orla, principalmente em relação aos bancos Foto: Marina Pagno / Agência RBS  

A orla da Praia de Ipanema, na zona sul de Porto Alegre, é muito utilizada pelos moradores da região como área de lazer, com a prática de esportes ou passeios. No entanto, frequentadores do espaço reclamam da falta de manutenção e do abandono da orla, principalmente em relação aos bancos.

Uma usuária registrou o problema através do aplicativo Pelas Ruas – iniciativa de Rádio Gaúcha, Zero Hora e RBS TV –, mostrando as péssimas condições de um dos bancos da Orla. A reportagem esteve no local na tarde desta segunda-feira (26) e, dos 30 bancos existentes em um trecho de aproximadamente 500 metros, sete apresentavam algum tipo de dano que impossibilita o uso por parte dos frequentadores.

Leia mais:
Abandonada ou estacionada? Kombi causa disputa entre moradores 
Vazamento de esgoto abre buraco em calçada no bairro Rio Branco
Moradores improvisam sinalização para buraco aberto há meses 

Entre os problemas, estão tábuas quebradas, podres ou riscadas, além da deterioração do ferro que sustenta os bancos, como ferrugem, por exemplo. A maior parte das estruturas analisadas pela reportagem estão com falta de pintura.

– Esse canto é um lixo. É um descaso total – reclamou Luiz Rosa, morador do Bairro Ipanema há 18 anos e frequentador da orla.

A Secretaria de Serviços Urbanos de Porto Alegre já foi acionada pela reportagem.

Pelas Ruas
O Pelas Ruas está disponível para iOS 9 ou superior e a partir da versão 6.0 do Android. Para baixar, basta entrar na App Store ou na Play Store e buscar o aplicativo pelo nome.   

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.