Incômodo

Moradores reclamam de buraco aberto pela prefeitura na Vila Ipiranga: "Cheiro insuportável"

Com o passar do tempo, problema se agrava, provocando risco de acidente aos pedestres

Por: Zero Hora
18/07/2017 - 13h00min | Atualizada em 18/07/2017 - 13h00min
Moradores reclamam de buraco aberto pela prefeitura na Vila Ipiranga: "Cheiro insuportável" Débora de Freitas Monguilhott/Arquivo pessoal
Buraco faz com que moradores do Vila Ipiranga convivam com cheiro de esgoto e risco de acidentes envolvendo pedestres Foto: Débora de Freitas Monguilhott / Arquivo pessoal  

Um buraco aberto pela prefeitura de Porto Alegre na Rua das Caravelas faz com que moradores do bairro Vila Ipiranga convivam com cheiro de esgoto e risco de acidentes envolvendo pedestres. De acordo com Débora Monguilhott, usuária do aplicativo Pelas Ruas — plataforma de Rádio Gaúcha, ZH e RBS TV —, em junho havia vazamento. Após um protocolo ser aberto, uma equipe do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) foi no local e abriu o buraco. O órgão percebeu que a resolução do problema não cabia ao Dmae, mas ao Departamento de Esgotos Pluviais (DEP).

— Eles abriram um buraco considerável na calçada em frente ao portão de minha residência e deixaram aberto, justificando que o conserto não era de sua competência — explica Débora.

Leia mais:
Moradores alertam para risco de queda de árvores no bairro Santana
Buraco aberto há quatro anos na Capital é fechado após postagem no Pelas Ruas
Buraco na Rua Itapeva, na zona norte de Porto Alegre, prejudica o trânsito

Depois disso, outros protocolos foram abertos no DEP por moradores para que o buraco e o vazamento fossem consertados. Quase um mês depois, no entanto, o problema persiste.

— (O buraco) está se abrindo cada vez mais, durante a noite ele transborda. É um cheiro insuportável que dá para sentir lá da esquina — afirma a usuária do app.

De acordo com Débora, um idoso quase caiu no buraco na semana passada. O Dmae chegou a colocar um cavalete como forma de sinalização, mas ele foi furtado. Nos protocolos, moradores informaram que, sem sinalização, o risco de acidentes é maior.

Vazamento se espalha pela calçada na Rua das Caravelas Foto: Débora de Freitas Monguilhott / Arquivo pessoal

A reportagem entrou em contato com a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Surb) no final da tarde de segunda-feira (17). A secretaria ficou de dar um retorno nesta terça-feira (18).

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.