Barbada ZH

Secar roupa de maneira fácil e econômica

Empresa oferece varal eletrônico que facilita o manuseio, sem a necessidade de esforço físico

14/09/2016 - 05h31min | Atualizada em 14/09/2016 - 05h31min
Secar roupa de maneira fácil e econômica Só Varais/Divulgação
Foto: Só Varais / Divulgação
Foto: Agência RBS / Agência RBS

Quem pensa que todo varal convencional é um trambolho difícil de manusear, vai se surpreender. Há um varal com acionamento eletrônico: basta apertar um botão que a estrutura sobe, desce e para na altura desejada, sem fazer nenhum esforço. O Nina, fabricado e vendido pela Só Varais custa em média R$ 720 e pode ser adquirido pela internet ou pelo telefone.

Em um momento em que a economia virou palavra de ordem, as vendas de produtos convencionais da linha branca no comércio brasileiro caíram 9,8%, em volume, no primeiro semestre, segundo dados da Eletros, associação de fabricantes do setor. Claro que são insubstituíveis e indispensáveis em qualquer residência geladeiras, fogões e até máquinas de lavar e microondas. E, se forem utilizados de maneira consciente, podem gerar redução de custos para o consumidor.

Mas, no caso da secadora, os varais podem servir como apoios em determinados casos ou até substituir os produtos quando a necessidade for por cortar custos. O modelo Nina é feito em alumínio com pintura eletrostática branca e comporta oito varetas, cordinhas de polipropileno e roldanas com eixo de metal. Inicialmente foi desenvolvido pelo diretor comercial da Só Varais, Williams Duarte, junto com um técnico em eletroeletrônicos, destinado às pessoas com algum tipo de deficiência e aos idosos, para facilitar o manuseio, já que não exige esforço físico. Com o tempo, caiu no gosto do mercado e hoje é o mais vendido da linha por ser prático e moderno. Há ainda modelos com acionamento manual e um de piso, com três andares de grelhas para melhor aproveitamento.

Foto: Só Varais / Divulgação
 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.