Neutro com tempero

Toques de azul aquecem projeto de living com base neutra

O ambiente, em Porto Alegre, tem ainda conexão com o jantar

14/07/2014 | 06h04
Toques de azul aquecem projeto de living com base neutra Carlos Edler,divulgação/Divulgação
Papel de parede tie dye azul alegra espaço home office do projeto Foto: Carlos Edler,divulgação / Divulgação

Contemporâneo à primeira vista, este projeto do escritório LR Arquitetura, das arquitetas Larisse Squeff e Roberta Schneider Preis, traz em seu estilo toques personalizados atendendo a pedidos especiais dos proprietários.

Objetos coloridos complementam o décor do living
Foto: Carlos Edler, divulgação

 

Superfícies lisas e traços predominantemente retos são combinados com as pitadas de estampas geométricas e as curvas de móveis com aparência de antigos revestidos por espelhos ou pintura em laca.

A neutralidade das cores, com predominância do cinza e do preto, tem pouca porém forte concorrência: o papel de parede tie dye azul, obra de design da inglesa Tricia Guild, e as coloridas obras de arte dispostas em diferentes espaços da casa.

O buffet espelhado sob a televisão, os pufes com grafismos em preto e branco e os quadros dispostos na sala compõem a proposta descolado do projeto
Foto: Carlos Edler, divulgação

 

O conceito que guiou as arquitetas para compor o living de 42 metros quadrados é que, além de primar pela praticidade, o ambiente deveria ser o mais integrado possível.  Na transformação, o piso original e o forro de gesso foram mantidos, mas um novo projeto luminotécnico foi desenhado para destacar pontos importantes do apartamento, como os embutidos das lâmpadas dicroicas realçando as obras de arte.

Larisse e Roberta também projetaram móveis exclusivos para a família, como o buffet com portas espelhadas que fica sob a televisão. Elas utilizaram um sistema com sensores dentro do móvel para que os equipamentos eletrônicos possam ser utilizados mesmo com as portas fechadas. 

– Pai e filho gostam de ver televisão e jogar videogame na sala. Por isso, pensamos em um ambiente confortável para que pudessem desfrutar desses momentos da melhor forma possível. Eles também adoram esse sofá, por isso trocamos apenas o tecido e ornamentamos com almofadas que dialogam com o restante do décor – acrescenta a arquiteta Larisse, que especificou um tapete cinza de náilon e cortinas de voile de seda para garantir aconchego à área de lazer.

A obra de Marcos Karata colore o jantar com base neutra
Foto: Carlos Edler, divulgação

 

Conexão com o estar

A ideia de criar um home office integrado com o living tem por objetivo manter a família unida mesmo quando os integrantes precisam usar o computador para trabalhar. Para destacar o espaço funcional, as arquitetas escolheram uma mesa espelhada desenhada por elas e a cadeira de acrílico transparente.

Na outra extremidade, a área de jantar traz um clima jovem, realçado pelo design das cadeiras Louis Ghost, criação de Philippe Starck, em acrílico transparente. A laca branca arremata o

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.