Reforma

Vinil é opção para obra rápida em piscinas

Com o uso de um bolsão sob medida, é possível revestir uma estrutura nova ou reformar modelos preexistentes

02/12/2016 - 07h01min | Atualizada em 02/12/2016 - 07h01min

Muitas vezes, o orçamento baixo ou a falta de tempo faz com que as reformas sejam adiadas. Um exemplo de áreas esquecidas são as externas, que ficam com menos uso ao longo do ano, e chamam a atenção apenas quando as temperaturas começam a subir. E aí começa o arrependimento por não ter começado antes.

Um produto que ajuda a ganhar tempo nos acréscimos do segundo tempo é o vinil. Para quem tem uma piscina que precisa ser restaurada, o material pode ser uma opção prática.

VEJA UM ANTES E UM DEPOIS

Foto: Cipatex / Divulgação
Foto: Cipatex / Divulgação

– Após a empresa especializada tirar as medidas, o bolsão pode ficar pronto em poucos dias, conforme a demanda das fábricas – explica Amauri Rosa, gerente comercial e consultor técnico da Cipatex, que produz o produto das fotos ao lado. 

Leia mais:
Concreto e tijolos destacam área de piscina
Casa de praia em Santa Catarina passa por transformação

Segundo Rosa, os vinis podem ser adaptados a diferentes tipos de piscina, inclusive com sistemas de iluminação com LEDs e aquecimento – neste caso, é preciso ficar atento à espessura do bolsão.Para quem pretende começar do zero a obra, o material também pode reduzir os custos se comparado com um piscina de alvenaria, pois, de acordo com o consultor técnico, precisa de uma estrutura construtiva mais simplificada.

COMO FUNCIONA

Uma empresa especializada tira as medidas da piscina antes de encomendar o bolsão – que é um pouco menor do que a caixa, que pode ser de alvenaria ou uma preexistente em fibra.

A instalação é feita pelas bordas, por meio de um perfil de encaixe tipo macho-fêmea. A bolsa vai ganhando o formato conforme a piscina vai ficando cheia de água. Em alguns casos, os instaladores usam aspiradores de pó para sugar o ar entre o vinil e a estrutura, evitando a formação de bolhas. Não é usado cola.

Caso a piscina preexistente seja em cerâmica e a pessoa não quer que os rejuntes fiquem marcados, é importante passar uma massa no contorno dos azulejos ou pastilhas para nivelar a superfície.

 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.