Arquitetura

Duas soluções de marcenaria para vão de escada e churrasqueira

Alternativas práticas e estéticas aprimoram ambientes que possuem espaço enxuto

13/01/2017 - 11h00min | Atualizada em 13/01/2017 - 11h00min

A marcenaria sob medida é um deleite criativo para os profissionais da área de arquitetura e decoração.

— É onde podemos unir a necessidade do cliente com o espaço disponível e aliar tudo isso a soluções estéticas – explica a arquiteta Cibele Yoshinaga, titular do escritório Studio 11 Arquitetura, que assina estes dois trabalhos.

Reforma em área de cozinha cria ambiente social integrado

Em tempos de espaços enxutos, interligar ambientes de diferentes formas se faz necessário, e então entra em cena a marcenaria, ora com painéis que se estendem para múltiplas funções ou até mesmo substituindo as paredes divisórias com móveis dupla-face que atendem aos dois lados.

Tons claros e amadeirados deixam apê com decoração delicada

Como tendência é sempre assunto recorrente quando um projeto de decoração está nos planos, Cibele aposta em visuais mais lisos e retos – quase sempre sem puxadores:

– Nestes casos, a pintura em laca também é potencializada, por permitir desenhos e negativos que ajudam a "quebrar" visualmente as portas, deixando o resultado contemporâneo e elegante.

O salvador da organização
Este apartamento no Rio de Janeiro era pequeno, e os moradores precisam aproveitar todos os espaços para organizar itens bem característicos da cidade: isopor de praia, roupas de mergulho, entre outros. Sem falar no sempre presente aspirador de pó.

Cibele criou módulos com portas e nichos abertos e, no vão mais baixo, um gavetão:

– É uma questão de funcionalidade. A pessoa precisaria se abaixar muito para acessar essa altura do móvel. Com altura máxima de 155cm e profundidade de 85cm, também seria um charmoso home office.

Foto: Studio 11 / Divulgação
Foto: Studio 11 / Divulgação

Casa de praia com as tendências para 2017

Churrasco clean 
Ao integrar a sacada com a sala, a churrasqueira, consequentemente, foi parar dentro da área social – e nem todos gostam deste visual.Para o painel, a arquiteta criou três folhas de MDF pintadas de laca branca fosca. Uma, bem ao lado da janela, é fixa e as outras duas movimentam-se conforme o uso do espaço:

– Também foi uma forma de não usar duas portas muito largas. O efeito estético não seria tão interessante.Além de uma pintura verde intensa, a profissional usou o mesmo silestone da bancada na boca do equipamento.

Foto: Studio 11 / Divulgação
Foto: Studio 11 / Divulgação

Reforma em área dos fundos dá nova vida a setor da churrasqueira

Dicas de profissional

1. Superfícies retas
Sistema de toque ou cavas invisíveis ajudam a criar o efeito de grandes painéis aos móveis – dispensando puxadores. No caso do vão da escada, os módulos imprimiram "movimento".

2. Pedras
Com o crescimento da tecnologia das pedras sintéticas (lisas e sem veios naturais) é mais fácil criar volumes inteiros, sem contrastes, unindo os balcões às marcenarias com pintura na mesma cor.

3. Acabamento
A laca é a preferida de Cibele Yoshinaga pela versatilidade de cores e composições. Para suas propostas mais recentes, optou pela versão sem brilho. 

 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.