De surpresa

Alunos do polo da faculdade Anhanguera no centro da Capital encontram portas fechadas

Instituição parceira da faculdade que administrava o local teria encerrado atividades, deixando alunos sem aulas presenciais

Por: Nathália Carapeços
15/02/2016 - 20h13min | Atualizada em 15/02/2016 - 21h18min
Alunos do polo da faculdade Anhanguera no centro da Capital encontram portas fechadas Mateus Bruxel/Agencia RBS
Estudantes que foram ao local depararam com as portas lacradas Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS  

Michele Carvalho, 37 anos, e Josaine Nascente, 50 anos, assustaram-se quando chegaram ao polo de apoio presencial da faculdade Anhanguera no centro Porto Alegre nesta segunda-feira. Estudantes de Pedagogia na instituição, as duas encontraram a porta lacrada, e um aviso informava que as atividades haviam sido encerradas na Rua dos Andradas. As aulas da unidade começariam nesta segunda. 

Até o início da tarde, nenhum aviso oficial da instituição sobre o fechamento da unidade tinha sido enviado às alunas. As estudantes também relataram dificuldade para entrar em contato com a faculdade. 

– Desde o fim de semana, esta informação estava rolando entre os alunos nas redes sociais. Viemos conferir de perto e deparamos com o local fechado. Está difícil de falar com eles no e-mail e no telefone. Não sabemos o que vai acontecer – diz Michele. 

Leia mais
MEC divulga lista de selecionados na segunda chamada do Prouni
Dicas para colocar em prática o plano de morar fora até o fim de 2016
Cursos EAD da UFSM que estavam suspensos serão retomados

Moradora de Esteio, Josaine acredita que o mais provável é a realocação, mas se preocupa com a localização da nova unidade: 

– A minha faculdade é à noite. Fica mais difícil se eu tiver de estudar na zona sul de Porto Alegre, por exemplo, onde eles também têm aulas. Não dá. 

Segundo estudantes do polo, a faculdade fez contato por e-mail no fim da tarde desta segunda para informar que os cursos ofertados na Rua dos Andradas, somando mais de 10, serão concluídos em outro espaço, sem mais detalhes. O fechamento da unidade se deu em razão de um problema com o parceiro local, o Instituto de Direito do Rio Grande do Sul (IDRS), que teria encerrado atividades, de acordo com o aviso fixado na porta da unidade. 

Em nota, a Anhanguera afirma que trabalha para migrar todos os alunos para outros parceiros. Enquanto isso, os estudantes podem seguir com o acesso pelo ambiente virtual de aprendizagem. As aulas presenciais devem ser retomadas na semana que vem – os próximos passos serão divulgados via telefone. Em caso de dúvidas, os alunos já matriculados deverão solicitar atendimento no canal online da Anhanguera. 

Na Capital, a faculdade tem três polos oficiais de acordo com o site da instituição, sendo um na Zona Norte, um na Zona Sul e um na área central. Exceto o da Rua dos Andradas, os demais seguem com funcionamento normal. 

Confira a nota na íntegra 

A Anhanguera (Uniderp e LFG) informa que nenhum aluno ficará sem o auxilio de um polo de apoio presencial por conta da ordem judicial emitida ao Instituto de Direito do Rio Grande do Sul (IDRS) no início deste semestre. Os estudantes poderão acessar normalmente o ambiente virtual de aprendizagem (AVA) para conferir todo o conteúdo programático. 

A instituição trabalha assiduamente para efetuar a migração de todos os discentes para outros parceiros, da forma mais ágil e eficiente possível, com o intuito de garantir o aprendizado sem interferência na dinâmica de estudos. Respeitando a transparência das ações, comunicados foram fixados nos polos, bem como enviados via e-mail e SMS para a base de alunos, com informações pertinentes ao ocorrido. 

Os próximos passos serão noticiados via telefone. Em caso de informações extras, os alunos já matriculados deverão solicitar atendimento no canal online da Anhanguera, que segue à disposição para quaisquer dúvidas adicionais.  

Leia mais notícias em ZH

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.