Enem 2016

Redação do Enem pede olhar multidisciplinar

Prestar atenção ao conteúdo de outras matérias além do português é diferencial para redigir um texto que atenda às cinco capacidades exigidas no exame

Por: Rossana Silva - Especial
18/10/2016 - 09h11min | Atualizada em 18/10/2016 - 09h11min
Redação do Enem pede olhar multidisciplinar Pixabay/Divulgação
Construção dos argumentos é determinante para o bom desempenho na redaçãodo Enem Foto: Pixabay / Divulgação

Nos últimos meses, os estudantes inscritos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) têm exercitado a escrita redigindo textos sobre uma variedade de assuntos que podem ser propostos na prova de redação. Mais do que tentar adivinhar qual vai ser o tema, a dica dos professores para a reta final de estudos antes do exame é que os alunos estejam com a atenção plena nas outras disciplinas além de redação e português.

As aulas de história, filosofia e sociologia, por exemplo, são essenciais para desenvolver uma base consolidada que permitirá discorrer sobre o assunto proposto na prova, explica a professora Cláudia Amaral, do Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), escola que obteve a melhor nota do Enem 2015 no Rio Grande do Sul. Ela chama a atenção para o fato de que a parte gramatical é apenas um dos cinco critérios avaliados.

— O principal é a construção dos argumentos, que se dá de maneira multidisciplinar. Vai contar como o aluno os articula e diferencia os fatos e a opinião — explica a professora.

Leia mais:
Enem concentra prova de Humanas em temas sociais
Cartilha de Redação do Enem é divulgada
RS tem a sexta melhor média entre escolas participantes do Enem

A importância de todas as matérias — e não são só as das Ciências Humanas — para a construção do texto também é mencionada pelo professor Luís Fernando Gallo, do Redação Panda, de Pelotas. Em 2015, ele ajudou na preparação de Izadora Peter Furtado. Dos 5.631.606 textos corrigidos em todo o Brasil, a gaúcha esteve entre os 104 que conseguiram a nota máxima, de 1 mil pontos.

— Quando o aluno assiste à aula de geografia, ela está servindo para a redação, assim como a de biologia: se o tema do texto estiver relacionado à água, por exemplo, é ali que ele vai encontrar os elementos para escrever. A redação não é uma prova de português, é uma prova de todas as outras matérias reunidas — diz Gallo.

Além de demonstrar que sabe escrever corretamente, o Enem exige que o aluno tenha senso crítico e demonstre preocupação e responsabilidade para sugerir uma proposta de intervenção que melhore a realidade do país, dentro do tema proposto.

— A correção gramatical é apenas um dos critérios, mas um texto limpo e correto atrai mais a atenção e permite uma leitura mais fluida — afirma Cláudia.

Organize o texto

Veja a dica da professora Cláudia Amaral para montar a redação:

Título: apresente o texto e a tese de forma criativa. Usar um adjetivo pode ser a alternativa.

1º parágrafo: apresente a tese sobre o tema proposto, direcionando-o para o desenvolvimento, com dois argumentos relativos à tese.

2 º e 3º parágrafos: desenvolva cada um dos dois argumentos principais citados no primeiro parágrafo.

4º parágrafo: apresente a sugestão de intervenção sobre o tema.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

¿ Domínio da modalidade escrita formal.

¿ Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas para desenvolver o tema, dentro dos limites do texto dissertativo-argumentativo.

¿ Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

¿ Conhecimento dos mecanismos linguísticos para a argumentação.

¿ Proposta de intervenção para o problema abordado.

 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.