Aquecimento para a Copa

Problemas na qualificação de taxistas para a Copa alertam para a questão da capacitação profissional até 2014

A pouco mais de dois anos do evento esportivo, ações voltadas para a capacitação de pessoal anda a passos lentos

22/05/2012 | 11h57
Problemas na qualificação de taxistas para a Copa alertam para a questão da capacitação profissional até 2014 Emílio Pedroso/Agencia RBS
Dos 12 mil taxistas cadastrados na EPTC, até o momento nenhum concluiu o curso de idiomas oferecido pelo Senat Foto: Emílio Pedroso / Agencia RBS

Dos 12 mil taxistas cadastrados na Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), até o momento nenhum concluiu o curso de idiomas oferecido desde o início do ano pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat). Problemas na divulgação das aulas, que inicialmente seriam presenciais e acabaram adaptadas ao ensino à distância, levaram poucos profissionais a buscarem a qualificação.

A dois anos da Copa do Mundo no Brasil, a qualificação dos taxistas é um exemplo de como está a questão da capacitação de mão de obra para os setores dos que irão recepcionar os turistas na Capital. No caso dos motoristas credenciados pela prefeitura, a administração municipal alega falta de interesse por parte da categoria. Levantamento feito por Zero Hora no ponto da rodoviária, entretanto, aponta que a maioria deles tem vontade de se aperfeiçoar no inglês e/ou espanhol.

O supervisor do ponto, Celso Rovani, afirma que há uma lista de pelo menos 50 candidatos a uma oportunidade de ter noções de outra língua. Mas, segundo Rovani, a expectativa de aulas focadas nas necessidades desses profissionais não se concretizou e eles ainda não têm conhecimento de outras alternativas gratuitas para suprir essa demanda.

De acordo com Vanderlei Cappellari, presidente da EPTC, a ideia inicial de oferecer salas no aeroporto e na rodoviária para abrigar esses cursos não pôde ser executada por falta de alunos. A alternativa das aulas à distância, segundo Karina Salamoni, coordenadora de desenvolvimento profissional do Senat Porto Alegre, segue a passos lentos:

— Tínhamos mil kits de inglês e espanhol. Destes, 300 foram retirados. Mas uma parcela pequena dos taxistas que buscaram o material de estudo entraram em contato para se informar sobre o teste de conclusão — destaca.

Requalificar todos os taxistas até 2014 é uma das propostas da EPTC, afirma Cappellari. A ideia é que o curso obrigatório inclua instruções de bom atendimento ao turista.

— Temos uma parceria com as secretarias de Turismo, do Trabalho e da Copa para facilitar o acesso a essas capacitações. E, até o final do ano, queremos publicar uma portaria que obrigue o profissional a passar por essa reciclagem — afirma Cappellari.

Quem sentiu na pele a importância de entender inglês foi Álvaro Oliveira, 48 anos. No dia em que uma corrida curta pela Capital se transformou um uma viagem até Capão da Canoa, o taxista com 26 anos de experiência teve a confirmação de que a fluência em outra língua serviria para o seu trabalho.

— Como eu já morei nos Estados Unidos, compreendi que os passageiros estrangeiros queriam ir para a praia — conta, orgulhoso, o taxista.

Receber bem como legado

Em um primeiro momento, as ações governamentais para capacitação profissional estão com foco em seus próprios quadros funcionais.

— Nosso objetivo atual é a gestão pública. Queremos que o planejamento seja levado a sério, para isso apostamos na hospitalidade planejada. Trabalhamos para capacitar cerca de 7 mil multiplicadores por meio de ações que visam a ensinar a esses agentes sociais a elaborar um projeto, prestar contas e interagir com a população. Até o momento, cerca de 1,5 mil pessoas já foram capacitadas — explica Sandra Bitencourt, diretora de Educação e Formação da Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH).

Para deixar o legado de mão de obra capacitada ao Estado, o governo estadual tem uma estratégia em duas etapas. A primeira interna, com a qualificação de 60 funcionários da Secretaria da Copa e da Fundergs.

— A segunda etapa será voltada para a população em geral.

— O governo federal deve capacitar 15 mil pessoas, por meio do Sine, até 2014 — completa o secretário estadual do Esporte e do Lazer, Kalil Sehbe, que não soube precisar a data da implementação do programa.

Na avaliação do professor Flavio Paim Falcetta, da Faculdade de Administração, Contabilidade e Economia da PUCRS, os dois anos que faltam são suficientes para qualificar esses profissionais:

— Há tempo hábil para isso, mas não devemos deixar tudo na mão do setor público. Independentemente dos governantes que estão e dos que serão eleitos, a Copa será realizada de qualquer jeito. Temos de nos preocupar com o legado que deixará, e uma boa recepção fará os turistas quererem voltar e os profissionais que aqui estão continuarão preparados para bem recebê-los.

Qualificações para a Copa

FDRH e Feevale

> O programa de formação continuada Qualificação de Gestores Públicos e Agentes Sociais para 2014 é promovido pela Rede Escola de Governo em parceria com a Universidade Feevale.

> Ao todo, o programa já atingiu um público aproximado de 1,5 mil pessoas (entre o final de 2011 e maio de 2012).

Prefeitura de Porto Alegre

> Voltada para os servidores municipais, a Escola de Gestão Pública realiza ativida­des de formação e capacitação profissional e educação continuada, contemplando todas as práticas relacionadas à aprendizagem no âmbito profissional, dentre as quais, treinamento, desen­volvimento, qualificação, atualização, aperfeiçoamento, aprimoramento e educação.

> Curso Porto Alegre Turística. Até o momento, 250 funcionários já foram capacitados.

> Palestras Copa 2012. Já foram capacitados 183 profissionais.

> Capacitação em Idiomas — Inglês. A meta é formar 200 servidores em língua Inglesa, em nível básico.

> Palestras sobre diferenças culturais

Senat

> Taxista Nota 10 — Parceria da Confederação Nacional do Transporte (CNT), do Serviço Social do Transporte (Sest) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), o programa contempla duas ações: a capacitação desses profissionais em inglês e espanhol e 15 edições do Jornal Taxista Nota 10, que abordam, entre outros temas, gestão e empreendedorismo. Os cursos têm duração de 120 horas e vocabulário adaptado à linguagem e ao dia a dia do taxista.

> Como funciona: os inscritos recebem material didático composto de caderno do aluno, caderno de exercícios, autoavaliações e CDs de áudio. O curso terá duração de um ano, a contar do início de cada turma. O certificado de conclusão será enviado pelos Correios, após uma avaliação escrita, agendada e realizada na unidade do Sest ou do Senat mais próxima da residência do taxista.

> As inscrições nos cursos podem ser feitas gratuitamente nas unidades do Sest, Senat e Sebrae. Ou por meio das centrais de atendimento do Sebrae (0800 570 0800) e do Sistema CNT (0800 728 2891).

Secretaria Municipal

de Turismo

> Workshops Porto Alegre Turística: o foco das oficinas é preparar os profissionais ligados a atividades turísticas para bem receber os turistas, prestar informações atualizadas sobre os atrativos e roteiros que a cidade oferece, além de despertar nos participantes sua percepção de turistas cidadãos. A qualificação inclui um city tour no Linha Turismo para reconhecimento de atrativos da cidade.

> Participantes: 1,25 mil pessoas

> Workshops mensais para taxistas: exclusivos para grupos de taxistas que participam do curso Táxi Turismo oferecido pelo Senat. O workshop foi incorporado como conteúdo do curso em 2011 como resultado do termo de cooperação assinado entre Secretaria Municipal de Turismo e Senat, que ampliou convênio existente entre as duas instituições para a qualificação de taxistas da Capital no atendimento a turistas.

> Participantes: 254 taxistas

> Encontros técnicos Dicas Turísticas de Porto Alegre: realizado em conjunto com o Sindicato de Hotelaria e Gastronomia de Porto Alegre (SindPoa), é destinado a trabalhadores de hotéis e restaurantes que estão na linha de frente do atendimento ao público e têm contato direto com visitantes. A qualificação é feita por meio de palestras, ministradas pela área técnica da secretaria sobre os principais atrativos, serviços e opções de lazer existentes na Capital, e de um passeio no Linha Turismo.

> Participantes: 1.342 pessoas

> Lançado no início de 2011, o programa já qualificou mais de 40 mil pessoas em todo o Estado.

> São oferecidas capacitações gratuitas, por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG), e também cursos pagos. Disponível nos 61 pontos de atendimento, entre faculdades, escolas e balcões, o projeto abrange todos os municípios.

Cursos gratuitos que estão com inscrições abertas:

> Cozinheiro Básico (Bento Gonçalves), Recepcionista (Novo Hamburgo e Tramandaí), Vendedor (Taquara), Padeiro/Confeiteiro (Carazinho).

> Cursos gratuitos que terão inscrições abertas no dia 23 de maio pelo site

www.senacrs.com.br/psg: garçom e auxiliar de cozinha (Porto Alegre)

> Para 2012, serão oferecidas cerca de 7 mil vagas para cursos de qualificação profissional, nos setores de comércio, serviços, construção cívil, gastronomia e hotelaria. Todos ministrados pelo Sistema S, formado por Sesc, Senac, Senai e Sesi. As inscrições são feitas via Sine Porto Alegre, com informações pelo telefone

(51) 3289-4795.

> Pronatec:

Vagas: 6.193 (1,4 mil preenchidas)

Áreas: comércio, serviços, hotelaria, gastronomia, construção civil

> Planteq:

Vagas: 408

Áreas: comércio, serviços e construção civil

Obs.: inscrições no segundo semestre

> Planseq:

Vagas: 326

Área: construção civil

Obs.: inscrições no segundo semestre

Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)

Plano Territorial de Qualificação (Planteq)

> Vagas: 1.951 para os municípios de Alegrete (79), Bagé (29), Bento Gonçalves (25), Butiá (32), Caçapava do Sul (59), Cacequi (28), Cachoeira do Sul (80), Canoas (10), Caxias do Sul (60), Cruz Alta (72), Erechim (85), Esteio (82), Estrela (60), Farroupilha (80), Frederico Westphalen (48), Gravataí (82), Horizontina (27), Ijuí (85), Lagoa Vermelha (51), Lajeado (76), Lavras do Sul (22), Montenegro (20), Nova Prata (35), Palmares do Sul (28), Passo Fundo (154), Porto Alegre (82), Quaraí (34), Santa Cruz do Sul (10), Santa Maria (20), Santa Rosa (10), Santo Ângelo (76), São Borja (73), São Francisco de Assis (31), São Leopoldo (10), São Pedro do Sul (29), Sarandi (20), Torres (27), Três Coroas (60), Três de Maio (63), Três Passos (54), Uruguaiana (22), Viamão (20)

> Áreas: construção civil, comércio, serviços, gastronomia

> Inscrições a partir de segunda-feira nas agências do Sine (sendo que em Porto Alegre somente na Rua José Montaury, 31, e, em São Pedro do Sul, na prefeitura)

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.