Dá uma buscar aí

Site permite que funcionários compartilhem informações sobre empresas

O Love Mondays reúne avaliações anônimas como cultura da organização, oportunidades de carreira, salário e ambiente de trabalho

22/07/2014 | 07h06
Site permite que funcionários compartilhem informações sobre empresas Love Mondays/Reprodução site
O Love Mondays exige cadastro para evitar o recebimento de informações falsas, informa o site, mas as avaliações são anônimas Foto: Love Mondays / Reprodução site
Quando você está em busca de trabalho em uma empresa, não seria bacana ter acesso a informações confiáveis e relatos dos próprios funcionários sobre como é realmente trabalhar lá? Pensando nisso, uma brasileira e dois irlandeses criaram o site Love Mondays (amo segundas-feiras), que reúne relatos de funcionários e ex-funcionários de determinadas organizações.

Leia as últimas notícias sobre Empregos

O conteúdo é postado pelos colaboradores de maneira espontânea, e as opiniões são anônimas. Entre os tópicos avaliados estão a cultura da empresa, as oportunidades de carreira, o salário e o ambiente de trabalho.

O Love Mondays exige cadastro para evitar o recebimento de informações falsas, informa o site. Além da checagem das informações, seja por e-mail ou por meio de redes sociais, segundo informa a página, todas as avaliações são lidas pela equipe de moderação antes de serem postadas "para garantirmos que elas estão em conformidade com as regras da comunidade da Love Mondays". Esse trabalho pode durar até 48h. Caso a avaliação não esteja de acordo com o site, o usuário é notificado por e-mail.

As empresas não podem remover as avaliações publicadas, mas se julgar que a avaliação é inconsistente com os termos de uso do site ou com as regras da comunidade e que o conteúdo deve ser excluído, a orientação é que se entre em contato por e-mail.

A busca das empresas está dividida por setor, como mídia e comunicação, bens de consumo, educação, TI e telecom, Varejo, entre outras. Entre as organizações mais buscadas estão Ambev, IBM, Itaú, Unibanco, Johnson & Johnson, KPMG e Petrobras.

Segundo o texto de apresentação do site, "ter acesso à opinião de uma pessoa que vive a realidade da empresa faz a diferença quando você está escolhendo onde construir a sua carreira (...) Tudo isso ajuda você a fazer uma escolha bem informada sobre a sua carreira", complementa o texto.

"Fique à vontade para contar o que gosta e o que não gosta sobre a empresa onde você trabalha e também para deixar dicas para a presidência da empresa. Compartilhando suas opiniões você ajuda outros profissionais a fazerem melhores escolhas de carreira", conclui o texto.

Os fundadores da Love Mondays são a brasileira Luciana Caletti, CEO do site, o irlandês Dave Curran, CFO, e seu compatriota Shane O'Grady, que ocupa o cargo de CTO. O site foi uma das dez startups que participaram do Demoday, evento voltado ao empreendedorismo e inovação, em fevereiro, para conquistar investidores. Depois, a startup venceu o Latin America Startup Challenge.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.