Comemoração

Participação feminina em obras da MRV Engenharia cresce 10% no RS

Ajudantes de pedreiro, pedreiras e pintoras são apenas algumas das funções de mulheres na construção civil brasileira

17/03/2017 - 09h00min | Atualizada em 18/03/2017 - 14h55min
Participação feminina em obras da MRV Engenharia cresce 10% no RS Alice Kuchenbecker/Divulgação
Trinta e sete mulheres atuam em obras da construtora em Porto Alegre Foto: Alice Kuchenbecker / Divulgação  

Claudia Chiquitelli
Especial

O mercado da construção civil crescente no país abre cada vez mais espaço para as mulheres em diversas funções, entre elas atividades nos canteiros de obras. De acordo com dados do Ministério do Trabalho, são mais de 1 milhão de trabalhadoras atuantes nessa área. A MRV Engenharia, construtora do Minha Casa, Minha Vida no país, emprega atualmente no Rio Grande do Sul 113 mulheres, a maioria (71) está em funções de obras e as demais (42) ocupam cargos administrativos na empresa. Esse número representa uma alta de 10% em relação ao mesmo período do ano passado.

Entre os seis municípios do RS onde a MRV mantém negócios, Porto Alegre é a que mais concentra força feminina nos canteiros: são 37 atuando em obras da construtora na Capital gaúcha. Em seguida estão Gravataí (13), Canoas (10), Caxias do Sul (5), Novo Hamburgo (4) e São Leopoldo (2).

A expansão do mercado da construção civil e a crescente exigência por mão de obra cada vez mais qualificada abriu oportunidades profissionais que há bem pouco tempo atrás eram exercidas apenas por homens. Ajudantes de pedreiro, pedreiras e pintoras são apenas algumas das funções de mulheres na construção civil brasileira.

Leia mais:
Canadá busca profissionais brasileiros em TI
Setor de franquias projeta um crescimento para 2017
Cinco dicas para começar a empreender

Em todo o Brasil, a MRV emprega 3.289 mulheres em diversas funções nos 144 municípios onde está presente. Elas correspondem a 65,07% dos funcionários dos escritórios e 34,9% do total de trabalhadores das obras da MRV.

o Rio Grande do Sul, Joana Darc dos Anjos, 36 anos, é um exemplo da força feminina que a MRV Engenharia emprega. Natural de Macau (RN) e há oito anos na função de armadora, ela é a única mulher na obra do empreendimento Porto Ônix, que está sendo erguido em Canoas.

— Entrei na construção civil por necessidade, e hoje estou muito satisfeita — conta a profissional que também é mãe de dois filhos. 

Até hoje, Joana se depara com espanto de algumas pessoas quando fala de sua profissão. Muitas vezes, relata, a surpresa vem até mesmo de colegas de trabalho.

— Alguns me perguntam como posso fazer um trabalho tão pesado. Respondo que o esforço é o mesmo — afirma a moradora do bairro Humaitá, em Porto Alegre.

Presente no estado gaúcho desde 2007, a construtora prevê o lançamento de 13 empreendimentos imobiliários ainda neste ano no RS, o que equivale a cerca de 4,5 mil novas unidades em Porto Alegre, Canoas, Gravataí, Sapucaia do Sul, São Leopoldo, Novo Hamburgo e Caxias do Sul. Para acompanhar o crescimento, serão 40 novos empregos a cada mês no Estado.

 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.