Foco

Aliar trabalho e bem-estar é prioridade entre profissionais 

Espaço de trabalho compartilhado é uma opção que trabalhadores utilizam para desenvolverem suas atividades com foco na saúde e crescimento de suas empresas

14/04/2017 - 18h00min | Atualizada em 18/04/2017 - 10h17min
Aliar trabalho e bem-estar é prioridade entre profissionais  Marcelo Donadussi/Divulgação
Espaços como o da Atum Workstyle, em Porto Alegre, ganham cada vez mais credibilidade para autônomos e empresas Foto: Marcelo Donadussi / Divulgação  

Claudia Chiquitelli
Especial

Um dos assuntos que vem tomando muito espaço na preocupação das pessoas é a qualidade de vida no trabalho. O tema que há não muito tempo era deixado de lado como algo não tão importante atualmente é pauta nas reuniões de empresas em todo o mundo. Nesse contexto, profissionais buscam espaços compartilhados para desenvolver as suas atividades. 

Esses espaços ganham cada vez mais credibilidade tanto para autônomos quanto para empresas e se mostram um incentivo para aumentar o networking. Os locais oferecem a praticidade dos cuidados burocráticos como luz, água, telefone, limpeza e internet. Deixando assim espaço para que o trabalhador só se preocupe com a sua produção.

Leia mais:
Vai contratar um freelancer ? Veja o que levar em consideração
SAP Latin America abre vagas para área de suporte em TI no RS
Empresas com mais oportunidades de carreira no Estado

Para o consultor imobiliário Tiago Souza, que está há sete anos no mercado, a escolha de um ambiente compartilhado de trabalho se deu através da vontade de empreender. 

— Estar em um lugar estratégico onde posso ficar entre a minha casa e a escola da minha filha faz toda a diferença — diz Souza.

Hoje ele trabalha meio turno, de segunda-feira a sexta-feira, na Atum Workstyle, que fica no Viva Open Mall, em Porto Alegre. Souza afirma que financeiramente é uma excelente opção, já que ele não tem necessidade de alugar uma sala, auxiliando o trabalho imobiliário que realiza e exige bastante mobilidade.

De acordo com um dos sócios do espaço Rafael Martins, foram feitos muitos estudos para entender o que é qualidade de vida para cada pessoa.

— Fizemos diversos tipos de pesquisas para entender como deveríamos criar o espaço. Em uma delas, apareceu fortemente que muitas pessoas não associam trabalho à qualidade de vida. Posteriormente a isso, criamos uma nova análise para entender melhor o que seria. Em ordem, os itens mais citados foram contato com a natureza, conforto, contato com arte e com seu PET. Traduzimos tudo isso no que hoje é o espaço da Atum — explica Martins.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.