Versão mobile

Culinária vegetariana

Aprenda a preparar rolinhos grelhados

Receita do restaurante La Rouge une sofisticação e praticidade

20/02/2014 | 16h08
Aprenda a preparar rolinhos grelhados Adriana Franciosi/Agencia RBS
Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS

Em um Estado em que a culinária tem como base a carne, existe um bom número de pessoas que deixam esse elemento de fora no prato. Há ainda quem vá além e diz não a qualquer tipo de alimento de origem animal. Para surpresa geral, muitos vegetarianos vivem no Rio Grande do Sul. E mesmo estando na terra do churrasco, eles encontram diferentes e boas alternativas para comer fora de casa. O caderno Gastrô selecionou pratos dos restaurantes Suprem, La Rouge, Pasito e Mantra —lugares que apostam em uma gastronomia de qualidade longe das carnes. Primeiro, confira uma receita do La Rouge Bistrô.

La Rouge: engajado e sofisticado

Pedir um prato no La Rouge Bistrô é quase uma opção de estilo de vida. A proposta de Gunter Filho, 34 anos, e Roberta Kleber, 32 anos, não se resume a oferecer comida vegana de qualidade, mas incorporar nas próprias refeições os ideais seguidos pelo casal. Após viajarem por diferentes países com o grupo Sea Shepherd, que combate atividades ilegais nos mares, o paranaense e a gaúcha decidiram abrir o estabelecimento em 2012. Chef do restaurante, Roberta aprendeu os truques da cozinha vegana viajando em um navio ligado ao movimento na Antártica.

O La Rouge aposta em pratos de apresentação sofisticada. O cardápio traz opções feitas quase que integralmente com alimentos orgânicos nos quais se mesclam influências de diferentes cozinhas ao redor do mundo, como a asiática e a italiana. Há releituras veganas da própria culinária gaúcha, com destaque para os espetinhos de legumes e tofu grelhados.

– Ser vegano não quer dizer, automaticamente, ser saudável. Aqui, tentamos minimizar o uso de glúten, frituras e açúcar – ressalta Gunter. A castanha de caju crua, a noz-pecã e a abobrinha italiana são alguns dos elementos chaves na cozinha do bistrô. Para a entrada, a abobrinha pode ser servida, assim como as berinjelas, no formato de rolinhos grelhados recheados com uma mistura de castanha de caju crua. Já a noz-pecã está em um dos pratos mais pedidos da casa: tagliatelle com almôndegas de grãos, tofu e noz-pecã ao molho rouge. Aberto de quarta a domingo, o restaurante oferece o cardápio com os pratos tradicionais e também uma sugestão do chef.

A castanha de caju crua, a noz-pecã e a abobrinha italiana são alguns dos elementos chaves na cozinha do bistrô. Para a entrada, a abobrinha pode ser servida, assim como as berinjelas, no formato de rolinhos grelhados recheados com uma mistura de castanha de caju crua. Já a noz-pecã está em um dos pratos mais pedidos da casa: tagliatelle com almôndegas de grãos, tofu e noz-pecã ao molho rouge. Aberto de quarta a domingo, o restaurante oferece o cardápio com os pratos tradicionais e também uma sugestão do chef.

ROLINHOS GRELHADOS

Porções: de 12 a 15

Ingredientes

1 berinjela média
1 abobrinha italiana média
1 xícara de castanha de caju crua e sem sal (120g)
1/2 colher de chá de sal
Folhas de 6 ramos de salsinha
Sal a gosto para grelhar os legumes
Brotos de alfafa, mix de ervas frescas (como manjericão e tomilho-limão) e azeite extra virgem para finalizar
Água filtrada

Modo de preparo

1. Hidrate as castanhas de caju, deixando-as submersas em água por, no mínimo, 4 horas.

2. Descarte a água e moa as castanhas com a salsinha e sal em um processador com a lâmina em formato de S.

3. Adicione água filtrada aos poucos no processador em movimento, até que a mistura fique com a consistência de ricota. Reserve.

4. Corte a berinjela e a abobrinha em fatias longitudinais (3 mm).

5. Em uma frigideira ou chapa estriada, previamente aquecida, grelhe as fatias de berinjela e de abobrinha em ambos os lados e tempere com sal a gosto.

6. Em uma das extremidades da fatia, coloque 1/2 colher de sopa da ricota de castanha de caju e enrole.

7. Finalize o prato com brotos de alfafa sobre os rolinhos. Regue azeite de oliva extra virgem e polvilhe com ervas frescas.

LA ROUGE BISTRÔ

Endereço: Avenida Mariland, 1587
Telefone: 51 3019-7638
De quarta a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 22h. Sábado, das 12h às 22h. Domingo, das 12h às 18h.
Preços: de R$ 20 a R$ 30

Outras opções para comer sem carne

> Prato Verde - Rua SantaTeresinha, 42. Telefone: 51 3388-6659.

> Vulp - Rua MiguelTostes, 845.Telefone: 51 3086-0098.

> Telúrico - Rua Sarmento Leite, 1086. Telefone: 51 3209-8854.

> Ocidente - Avenida OsvaldoAranha, 960. Telefone: 51 3312-1347.

> Govinda - Avenida José Bonifácio, 605. Telefone: 51 3332-1704.

> Jacarandá - Rua SantaTeresinha, 37. Telefone: 51 3029-9286 .

> Café Bonobo - Rua CastroAlves, 101. Telefone: 51 3013-1464.

> Nova Vida - Rua Demétrio Ribeiro, 1.182. Telefone: 51 3226-8876.

> Natureza - Rua dosAndradas, 1444. Telefone: 51 3019-1569.

> Vitalidade - Rua Pinto Bandeira, 377. Telefone: 51 3212-0401.

> Casa Oriental - Rua Felipe Camarão, 61. Telefone: 51 3061-7387.

> Zhong Guo Wei - Rua Ramiro Barcelos, 2099. Telefone: 51 3331-7915.

> Nataraj - Rua Ieté, 454. Telefone: 51 3312-4959.

Principais formas de vegetarianismo

> Ovolactovegetariano: utiliza ovos, leite e laticínios na alimentação.

> Lactovegetariano: não utiliza ovos, mas faz uso de leite e laticínios.

> Ovovegetariano: não utiliza laticínios, mas consome ovos.

> Vegetariano estrito: não usa nenhum derivado animal na sua alimentação.

> Vegano: é o vegetariano estrito que recusa o uso de componentes animais não alimentícios, como vestimentas de couro, lã e seda, assim como produtos testados em animais.

Fonte: Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB)

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.