Residenciais

Índice do mercado registra variação positiva na Capital

No acumulado de 2016, indicador calculado pela Abecip e FGV com base nos laudos de imóveis financiados pelos bancos ficou negativo em 2,47%

03/02/2017 - 13h48min | Atualizada em 08/02/2017 - 10h40min
Índice do mercado registra variação positiva na Capital Hermínio Nunes/Agencia RBS
Ano passado foi considerado um período de queda contínua nos valores nominais dos imóveis residenciais Foto: Hermínio Nunes / Agencia RBS  

Claudia Chiquitelli
Especial

O Índice Geral do Mercado Imobiliário Residencial (IGMI-R), da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), registrou variação positiva de 0,02 em dezembro e de -2,47% no ano em Porto Alegre. Desde janeiro de 2014, o índice da Capital gaúcha apontou -0,80%. O indicador foi de 0,08% em dezembro de 2016 para a média nacional, após ficar praticamente estável no mês anterior. 

Conforme a entidade, esta é a primeira variação mensal positiva desde novembro de 2015, o que caracteriza 2016 como um ano de queda contínua nos valores nominais dos imóveis residenciais, acumulando - 2,26% no ano (somando-se à queda de -0,20% já observada no acumulado de 2015). 

De acordo com a Abecip, o resultado do último mês do ano em nível nacional sinaliza uma possível reversão da tendência das quedas acumuladas em 12 meses, que havia registrado -2,47% em novembro. Em linha com o que se espera para os fundamentos da economia brasileira deste o início de 2017, essa reversão de tendência pode apontar para um estancamento da queda dos preços nominais dos imóveis, preparando uma eventual estabilização dos valores reais ao longo dos próximos meses.

Do ponto de vista das nove capitais para as quais calcula-se o IGMI-R/Abecip separadamente, esse comportamento não foi homogêneo. Dentre as cidades que apresentaram variações positivas nos valores de seus imóveis residenciais em dezembro de 2016, estão algumas das que apresentaram maiores quedas acumuladas ao longo do ano: São Paulo, Recife, Porto Alegre, Salvador e Curitiba. 

Entenda o cálculo

O indicador é calculado com base nos laudos de imóveis financiados pelos bancos e publicado mensalmente em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O IGMI-R/Abecip usa metodologias de especialistas de mercado com a finalidade de fornecer o valor mais próximo possível da realidade para a transação do imóvel. As informações consideradas nas avaliações são mensuráveis e verificáveis, tais como localização, área do imóvel, características da vizinhança, qualidade do material utilizado no acabamento, número de aposentos etc. 

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.