Versão mobile

Noveleiros

Sabe a Escrava Isaura?

Em viagem ao fim do mundo, jornalista de ZH descobriu que os russos são fascinados pela novela brasileira

19/06/2012 | 16h12
Sabe a Escrava Isaura? Ver Descrição/Ver Descrição
A novela Escrava Isaura, de 1976, também conquistou o país da vodca Foto: Ver Descrição / Ver Descrição

E eu, que sempre achei que as perguntas à espreita dos viajantes brasileiros eram em sua maioria clichês, fui pega de surpresa na pacata cidade de Puerto Natales, na patagônia chilena, naquela viagem de férias em 2011.

Em um quarto de albergue misto, quase no fim do mundo, estavam hospedados um suíço, um russo e eu. Ajeitava minhas coisas para a trilha que faria nos dias seguintes, no Parque Nacional Torres del Paine, quando o suíço perguntou de onde eu era e comentou que estava de viagem marcada para o Brasil.

Enquanto eu esperava as perguntas sobre samba, Carnaval, praia e calor, vejo que o outro, o russo, angustiava-se pela vez de perguntar algo, até que disparou: "Ah, Brasil, sim. Eu conheço por aquela novela famosa que se passa em uma fazenda, sabe?"

Sempre fui noveleira, mas dessa vez fui salva pelos períodos de ócio regados a Video Show, já que essa trama tinha passado na Globo pela primeira vez entre 1976 e 1977, e sou da década de 80. Na minha memória, veio o programa repetindo a cena de Lucélia Santos sendo dublada em sei lá quantas línguas. Respondi: "Escrava Isaura?". O cara ficou maluco.

Dali em diante, tive de traduzir, soletrar, repetir, falar pausadamente. Passavam-se alguns segundos e ele vinha de novo: "Como é mesmo? ES-CRA-VA?".

Quando eu já começava a temer aquele frenesi todo ("meu Deus, vou dormir no mesmo quarto do psicopata da Escrava Isaura?", pensei comigo), piorou mais um pouco. Ele trouxe o notebook até mim e pediu que eu escrevesse, no mural pessoal de um facebook do tipo russo, a palavra escrava.

Obviamente (língua russa passa longe das minhas aptidões), não consegui compreender o que dizia o resto da mensagem e não consigo dimensionar o fascínio. Na verdade, acho que pouquíssimos brasileiros imaginam como a trama encabeçada por Lucélia Santos e Rubens de Falco é adorada na distante terra de muito frio e muita vodca.

Mas imagino uma mensagem do tipo: "Conheci uma nativa da terra de Escrava Isaura", com ênfase no es-cra-va em português. Depois disso, ele se recolheu e eu pude dormir mais tranquila. O próximo frenesi deve ter sido as muitas "curtidas" que recebeu de outros fãs da novela mundo virtual afora.

 

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.