Preparação

Descubra como otimizar as malas de viagem

Consultora dá dicas para arrumar as bagagens para diferentes destinos

02/08/2012 | 16h15
Descubra como otimizar as malas de viagem  stock.xchng/Divulgação
O viajante deve sempre optar por roupas de tecidos que não amassem e levar somente o necessário Foto: stock.xchng / Divulgação

A temporada de viagens acarreta para muitos a preocupação com a montagem das malas. Sentar em cima da bagagem para conseguir fechá-la, ou adiar até a última hora esta tarefa e colocar roupas sem planejamento são situações comuns que a personal organizer, Cintia Covre, presencia em suas visitas a casa de seus clientes. Para tornar esta organização menos preocupante e otimizar tempo, a consultora desenvolveu um serviço que ordena as malas de acordo com a quantidade de dias e o roteiro individual ou da família.

A mala para viagens de lazer deve ser um pouco maior e com rodinhas, pois mesmo que a pessoa não leve muitas roupas, ela terá que acomodar os itens básicos e ainda ter espaço para as lembrancinhas e compras. —Hoje, encontramos tantas opções que decidimos pelo preço ou pela beleza do produto, o que é uma atitude equivocada. O investimento para compra de uma mala é alto, por isso o consumidor deve-se atentar a todos os diferenciais e assim a compra valer a pena — orienta Cintia. O material deve ser resistente e leve, possuir fechadura padrão internacional e extensor, o tamanho se adequa ao tipo de viagem e, por fim, se a cor ou estilo são muito comuns, pois isso aumenta o risco de extravio.

Com a mala certa, o viajante deve saber exatamente quanto tempo ficará em cada lugar, qual a estação do ano e a temperatura média do destino.

Na temporada de inverno, o que mais ocupa espaço na mala são os casacos. Para isso, Cintia indica que sejam levados dois modelos essenciais, que combinem entre si e sirvam de base para as outras peças. Ela também ensina que moletons, jeans e camisetas devem ser dobrados, preferencialmente, em formato "rocambole", para que fiquem menores e mais compactos. As botas — que ocupam muito espaço na mala — devem ir já calçadas.

Se a viagem for a um lugar de clima quente, a palavra-chave é praticidade. Apesar de o vestuário de verão ser mais leve e ocupar menos espaço, a personal sugere a escolha de peças básicas e abusar da criatividade com os acessórios. Se for uma semana de praia é indicado levar duas ou três peças de banho, que para as mulheres podem ser coordenadas e usadas em novas combinações; duas roupas de saídas de praia, um par de chinelos e também, para as mulheres, uma rasteirinha mais elegante e, para os homens, uma papete ou tênis mais casual.

A quantidade de peças íntimas é item essencial na arrumação independente da região. Se for uma viagem de poucos dias, leve ao menos uma peça para cada dia da viagem. —Sempre a mais, nunca a menos — lembra Cintia. Outra sugestão é levar um nécessaire ou frasqueira com várias repartições, onde podem ser colocados produtos de higiene pessoal e acessórios.

Além disso, na volta, se a mala não tiver espaço para armazenar as roupas sujas, um truque é forrá-la com um saco plástico grande. —Para organizar corretamente uma mala de lazer, seja prático, prefira roupas com tecidos que não amassam tanto e leve somente o necessário. Estes pequenos gestos tornam a hora de arrumar a bagagem mais tranquila e a viagem confortável.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.