Versão mobile

Oásis de tranquilidade

Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis, tem praias desertas e perfeitas para relaxar

Se ninguém fala, a única coisa que é possível escutar é o barulho das ondas

18/02/2014 | 08h03
Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis, tem praias desertas e perfeitas para relaxar Charles Guerra/Agência RBS
Praia do Sissial é uma das opções para aproveitar Foto: Charles Guerra / Agência RBS

O recurso mais precioso de uma praia deserta é o silêncio. Em Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis, algumas praias têm a areia lisa porque ninguém pisou por lá nos últimos dias. A água é turquesa e, ao mergulhar, consegue-se enxergar a própria sombra entre as conchas intactas no fundo do mar. É você e você mesmo — ou alguém importante o suficiente para merecer estar ao seu lado em um lugar incrível.

Um grito na Praia do Sissial bate nas pedras e faz um eco. Se ninguém fala, a única coisa que é possível escutar é o barulho das ondas. O formato da praia é um sorriso de 200 metros de extensão, com pedras nos cantos da boca. Nos lábios inferiores, uma areia branca é tocada por poucos passos. Nos superiores, uma água infinita e turquesa. Os raros mergulhadores conseguem enxergar os próprios pés com a água tocando o ombro.

Ousa-se dizer, apesar do clichê, que é um paraíso escondido. Ele está entre a Praia de Ilhéus e a das Caravelas, com uma placa singela indicando "praia". Uma trilha com cerca de 25 minutos, com altos e baixos, leva até o Sissial. Algumas borboletas fazem a festa no caminho. Não é permitido acampar, fazer churrasco ou levar qualquer coisa que possa depredar a natureza. Fazer silêncio é questão de bom senso.

Outra praia similar e também deserta é a dos Currais, com a areia amarela. Parte do acesso está em propriedade privada, mas liberado para turistas. A vista é para a Baía dos Golfinhos, com algumas pequenas ilhas para decorar.

A Praia do Antenor é uma opção mais cômoda, uma das primeiras na estrada que contorna Governador Celso Ramos. Está perto da estrada, em frente às primeiras casas da cidade. O mar é calmo, cruzado por uma nascente de água limpa ao lado esquerdo. Como fica próximo à estrada, não é necessário caminhar muito. Excelente para crianças e idosos, portanto.

A mais conhecida praia de Governador, comparada à Jurerê Internacional de Florianópolis, é Palmas. O mercado imobiliário apostou no lugar e constrói novos condomínios ao redor. Um filé que está começando a crescer, e que tem lotado nas últimas temporadas. É a praia mais badalada do município, com estacionamento e infraestrutura comparados às praias populares do Estado. O mar tem ondas não muito grandes, mas é agitado. Os salva-vidas têm cuidado dobrado com a quantidade de lixo dos turistas.

Outro point, a Praia do Tinguá hospeda festas dentro de lanchas. Moradores levam as embarcações para o mar e aproveitam o visual. É uma opção para quem quer ter contato com mais gente e infraestrutura durante o verão.

Foto: Charles Guerra

Como chegar

Vá com paciência para dirigir: a estrada que cruza Governador Celso Ramos tem muitas curvas, e ir de ônibus seria um exercício para o Buda com a quantidade de horários. Leve um chinelo para poder caminhar na praia e ao mesmo tempo desbravar as trilhas.

Todos os acessos ficam próximas à estrada principal de Governador Celso Ramos. Algumas têm trilhas, como é o caso da Praia do Sissial, e outras ficam ao lado das casas.

Estacionamento

Com exceção de Palmas, as praias têm pouco espaço para estacionar. O Antenor é um dos piores casos, com quatro vagas.

Trilhas

As trilhas que levam às praias desertas são relativamente curtas, leva-se de 20 a 50 minutos. Chegar à Praia do Sissial leva cerca de 25 minutos com uma subida de 15 minutos na ida. Há muitas borboletas enfeitando o caminho.

Hospedagem

Algumas casas são alugadas para temporada com preços que variam de R$ 100 a R$ 300 a diária para o casal. Alguns spas de luxo ficam no lugar, com diárias mínimas de R$ 900 por pessoa. A maior concentração de hotéis e pousadas de nível médio está na Praia de Palmas, com diárias entre R$ 200 e R$ 600 por casal.

Alimentação

Os restaurantes se concentram entre a Armação Piedade e a Praia de Palmas. O Roda Viva é uma boa opção, com camarão e peixe grelhado para três pessoas custando R$ 80. A comida é simples, caseira e muito bem feita.

Leia mais sobre turismo em Santa Catarina aqui

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.