Oásis de tranquilidade

Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis, tem praias desertas e perfeitas para relaxar

Se ninguém fala, a única coisa que é possível escutar é o barulho das ondas

18/02/2014 | 08h03
Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis, tem praias desertas e perfeitas para relaxar Charles Guerra/Agência RBS
Praia do Sissial é uma das opções para aproveitar Foto: Charles Guerra / Agência RBS

O recurso mais precioso de uma praia deserta é o silêncio. Em Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis, algumas praias têm a areia lisa porque ninguém pisou por lá nos últimos dias. A água é turquesa e, ao mergulhar, consegue-se enxergar a própria sombra entre as conchas intactas no fundo do mar. É você e você mesmo — ou alguém importante o suficiente para merecer estar ao seu lado em um lugar incrível.

Um grito na Praia do Sissial bate nas pedras e faz um eco. Se ninguém fala, a única coisa que é possível escutar é o barulho das ondas. O formato da praia é um sorriso de 200 metros de extensão, com pedras nos cantos da boca. Nos lábios inferiores, uma areia branca é tocada por poucos passos. Nos superiores, uma água infinita e turquesa. Os raros mergulhadores conseguem enxergar os próprios pés com a água tocando o ombro.

Ousa-se dizer, apesar do clichê, que é um paraíso escondido. Ele está entre a Praia de Ilhéus e a das Caravelas, com uma placa singela indicando "praia". Uma trilha com cerca de 25 minutos, com altos e baixos, leva até o Sissial. Algumas borboletas fazem a festa no caminho. Não é permitido acampar, fazer churrasco ou levar qualquer coisa que possa depredar a natureza. Fazer silêncio é questão de bom senso.

Outra praia similar e também deserta é a dos Currais, com a areia amarela. Parte do acesso está em propriedade privada, mas liberado para turistas. A vista é para a Baía dos Golfinhos, com algumas pequenas ilhas para decorar.

A Praia do Antenor é uma opção mais cômoda, uma das primeiras na estrada que contorna Governador Celso Ramos. Está perto da estrada, em frente às primeiras casas da cidade. O mar é calmo, cruzado por uma nascente de água limpa ao lado esquerdo. Como fica próximo à estrada, não é necessário caminhar muito. Excelente para crianças e idosos, portanto.

A mais conhecida praia de Governador, comparada à Jurerê Internacional de Florianópolis, é Palmas. O mercado imobiliário apostou no lugar e constrói novos condomínios ao redor. Um filé que está começando a crescer, e que tem lotado nas últimas temporadas. É a praia mais badalada do município, com estacionamento e infraestrutura comparados às praias populares do Estado. O mar tem ondas não muito grandes, mas é agitado. Os salva-vidas têm cuidado dobrado com a quantidade de lixo dos turistas.

Outro point, a Praia do Tinguá hospeda festas dentro de lanchas. Moradores levam as embarcações para o mar e aproveitam o visual. É uma opção para quem quer ter contato com mais gente e infraestrutura durante o verão.

Foto: Charles Guerra

Como chegar

Vá com paciência para dirigir: a estrada que cruza Governador Celso Ramos tem muitas curvas, e ir de ônibus seria um exercício para o Buda com a quantidade de horários. Leve um chinelo para poder caminhar na praia e ao mesmo tempo desbravar as trilhas.

Todos os acessos ficam próximas à estrada principal de Governador Celso Ramos. Algumas têm trilhas, como é o caso da Praia do Sissial, e outras ficam ao lado das casas.

Estacionamento

Com exceção de Palmas, as praias têm pouco espaço para estacionar. O Antenor é um dos piores casos, com quatro vagas.

Trilhas

As trilhas que levam às praias desertas são relativamente curtas, leva-se de 20 a 50 minutos. Chegar à Praia do Sissial leva cerca de 25 minutos com uma subida de 15 minutos na ida. Há muitas borboletas enfeitando o caminho.

Hospedagem

Algumas casas são alugadas para temporada com preços que variam de R$ 100 a R$ 300 a diária para o casal. Alguns spas de luxo ficam no lugar, com diárias mínimas de R$ 900 por pessoa. A maior concentração de hotéis e pousadas de nível médio está na Praia de Palmas, com diárias entre R$ 200 e R$ 600 por casal.

Alimentação

Os restaurantes se concentram entre a Armação Piedade e a Praia de Palmas. O Roda Viva é uma boa opção, com camarão e peixe grelhado para três pessoas custando R$ 80. A comida é simples, caseira e muito bem feita.

Leia mais sobre turismo em Santa Catarina aqui

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.