No Texas

Marcos Piangers: o churrasco americano que lembra a costela do Acampamento Farroupilha

Piangers está em Austin, no Texas (EUA), com Luciano Potter, para contar todas as novidades do SXSW, festival de música, cinema e tecnologia  

Por: Marcos Piangers
11/03/2016 - 09h10min | Atualizada em 11/03/2016 - 19h20min
Marcos Piangers: o churrasco americano que lembra a costela do Acampamento Farroupilha Marcos Piangers/Agência RBS
Foto: Marcos Piangers / Agência RBS  

É difícil encontrar um churrasco melhor do que o gaúcho. Estamos no Texas, onde as carnes passam mais de 12 horas no fogo em churrasqueiras especiais, e saem tão macias que dá pra comer com garfo de plástico. O corte Brisket vem temperado com sal e pimenta, a salsicha é feita pelo proprietário do estabelecimento e o picles tem um toque picante. Lembramos até da costela do Acampamento Farroupilha. 

Leia mais:
Marcos Piangers e Luciano Potter antecipam novidades do SXSW
Além de tecnologia, cinema e música, até Obama estará no SXSW 

Roda gigante com alusão ao seriado americano Mr. Robot é uma das atrações do evento South By Southwest, nos EUA Foto: Marcos Piangers / Agência RBS

O SXSW é o evento do ano em que marcas mais investem em ativações. Estarão aqui este ano a casa da Samsung, com muita realidade virtual; a casa do Google, com internet de altíssima qualidade para teste; o galpão de Game of Thrones, que promete uma experiência de imersão no universo da série; e, na foto acima, a roda gigante do seriado Mr. Robot, sucesso de público e crítica com o ator Christian Slater, que estará no South By Southwest para palestrar no domingo, dia 13. 

Foto: Gabriel Renner / Arte ZH

O SXSW se divide em Interactive (cinco primeiros dias, focado em tecnologia, cheio de gente mais velha, barriguda e de óculos) e Music (cinco últimos dias, cheio de jovens hipsters). A foto abaixo, tirada em um bar local na noite de ontem, marca o início da chegada dos jovens hipsters — o cara vestido com roupas antigas e com uma máquina de escrever, em pleno 2016. 

SXSW, festival de música, cinema e tecnologia nos EUA, atrai jovens hispters  Foto: Marcos Piangers / Agência RBS

Para quem conhece o SXSW, sabe que é insana a quantidade de pessoas nas ruas, hotéis, bares, palestras e centro de convenção. Adicione a isso o presidente dos Estados Unidos e você terá um absurdo de insanidade. Para a conversa de Barack Obama com Evan Smith, editor chefe do Texas Tribune, foram sorteados ingressos por e-mail. Para quem não for sorteado será ainda possível assistir uma transmissão ao vivo em uma sala do centro de convenção. Provavelmente, muita gente não conseguirá entrar nesta sala também. 

A principal dica pra quem está cobrindo um evento: modo bateria amarela no iPhone. Estou tirando fotos, postando textos, gravando e editando vídeos. São 9:31 em Austin e já estou com 54% de bateria. Antes do meio dia estarei colado em alguma parede.

A área de credenciamento do SXSW 2016 é um mar de gente. Hoje, primeiro dia do evento, cerca de 80 mil pessoas desembarcam em Austin pra a maratona de palestras. A previsão é de mais filas, já que o local das principais palestras, este ano, é menor do que nos anos anteriores. Muita gente aqui descobre o que é FOMO: a expressão em inglês Fear of Missing Out, medo de perder coisas legais. No SXSW, FOMO é o padrão.

Para fugir de filas o SXSW criou o sxxpress: você chega às 9 da manhã e pode escolher 2 filmes e 2 shows que quer muito assistir. Hoje à noite o evento mais disputado é a estreia mundial do novo filme de Richard Linklater, diretor de Dazed and Confused e do indicado ao Oscar Boyhood. Linklater também será homenageado no SXSW 2016: um documentário sobre a carreira do diretor será lançado hoje à noite, após a exibição de Everybody Wants Some.

Com a presença de JJ Abrams, diretor de Star Wars: The Force Awakens, prevista para a segunda feira, 14, desembarcou por aqui também uma fantástica exposição sobre a franquia. Além disso, um documentário mostrando os bastidores da filmagem será exibido ao público pela primeira vez aqui no SXSW 2016.

Brian Wong, o jovem de 24 anos dono da empresa Kiip, veio até o SXSW falar sobre o futuro da publicidade.

— Nossa busca é conectar marcas e apps populares, pra não mais entregar banners, mas prêmios — disse.

A ideia de Wong é que as marcas apareçam no celular dos usuários respeitando contexto e intenção. Isso, pensando em um futuro em que nossas casas estarão conectadas na internet.

— Imagine uma notificação de um produto de limpeza assim que você suja o carpete. Imagine uma escova inteligente que dá prêmios pra quem escova os dentes três vezes ao dia — falou Wong.

Parece ficção científica? A escova já existe, e foi lançada há algumas semanas pela Oral B. 

Demorou cerca de 40 minutos para esgotarem os ingressos para o festival da Samsung no sxsw2016. Donos de celulares da marca poderiam retirar os ingressos pela manhã e quem comprasse um recém lançado galaxy S7 ganharia o ingresso de presente. O festival terá apresentações de Strokes nesta sexta-feira, Public Enemy e Lil Wayne na noite de sábado, e SIA na noite de domingo. 

Pitaco do Potter:

Foto: @dontdallasmyaustin

Você pode imaginar que, pra quem mora em Austin, o SXSW é um grande evento pé no saco. O trânsito fica caótico, os bares lotados, impossível passar pelo centro sem levar muitos minutos. Algumas pixações no centro da cidade dizem "não se mudem pra cá" ou "não traga sua startup pra Austin". O site dontdallasmyaustin.com, preocupado com o crescimento da cidade, postou em seu perfil de instagram (@dontdallasmyaustin) esta foto: "SXSW CANCELADO! VOLTEM PRA CASA!".

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.