Tecnologia

WhatsApp é bloqueado no Brasil após decisão da Justiça do RJ

Decisão de magistrada alega que empresa não cumpre ordens judiciais e trata o país como "republiqueta"

Por: Zero Hora
19/07/2016 - 14h55min | Atualizada em 19/07/2016 - 16h19min
WhatsApp é bloqueado no Brasil após decisão da Justiça do RJ Justin Sullivan / AFP/zero hora
Foto: Justin Sullivan / AFP / zero hora  

Pela terceira vez em menos de um ano, o serviço do WhatsApp é suspenso no país devido a uma decisão judicial. As empresas de telefonia foram comunicadas na manhã desta terça-feira da decisão da juíza e o bloqueio começou a ser feito no início da tarde de hoje, de acordo com a organização que representa as teles, a SindiTelebrasil.

Leia mais:
Veja quais aplicativos usar enquanto o WhatsApp estiver bloqueado

As empresas iniciaram a suspensão do serviço às 14h. A Vivo anunciou o bloqueio pelo Twitter. 

A decisão da juíza tem a ver com a criptografia do aplicativo. A magistrada pede que as mensagens de pessoas investigadas sejam interceptadas antes de passarem por criptografia.

Em trecho do texto da decisão, consta que o juízo "requer, apenas, a desabilitação da chave de criptografia, com a interceptação do fluxo de dados, com o desvio em tempo real em uma das formas sugeridas pelo MP, além do encaminhamento das mensagens já recebidas pelo usuário e ainda não criptografadas, ou seja, as mensagens trocadas deverão ser desviadas em tempo real (na forma que se dá com a interceptação de conversações telefônicas), antes de implementada a criptografia." 

Em abril deste ano, o WhatsApp implementou uma tecnologia de segurança chamada de criptografia de ponta-a-ponta. Assim, as mensagens só podem ser lidas por quem as envia e quem as recebe. Segundo a empresa, nem mesmo o próprio WhatsApp teria acesso às mensagens dos seus usuários.

A magistrada também diz que a empresa trata o Brasil como "republiqueta" e questiona se nos Estados Unidos, país de origem do WhatsApp, ordens judiciais sejam tratada com "deszelo".

O CEO do WhatsApp, Jan Koum, manifestou-se por meio de sua página no Facebook, nesta tarde, lamentando, novamente, a decisão.

Veja a mensagem traduzida:

"Estamos trabalhando para reativar o serviço no Brasil. É chocante que menos de dois meses depois que os brasileiros e os legisladores fortemente rejeitaram o bloqueio de serviços como o WhatsApp, a história esteja se repetingo. Como anteriormente, milhões de pessoas foram desconectadas de seus amigos, seus entes queridos, clientes e colegas hoje, simplesmente, por que estão pedindo informações que não temos."

Leia as últimas notícias

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.