Lições para a vida

Escolas privadas fazem mobilização pela paz nesta quarta-feira

Atividades ocorrerão na Capital e no Interior com o objetivo de discutir a violência no Estado

20/09/2016 - 14h00min | Atualizada em 20/09/2016 - 14h00min


Colégio Dom Bosco, que viu uma mãe ser morta em frente do prédio em agosto, estará participando da ação Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS

As instituições de ensino privado do Rio Grande do Sul farão nesta quarta-feira ações em defesa da vida. A mobilização foi proposta pelo Sindicado do Ensino Privado Gaúcho (Sinepe/RS), após inúmeros casos de violência registrados no Estado, especialmente a morte de uma mãe em frente ao Colégio Dom Bosco, no final do mês passado, em Porto Alegre. Ao menos 14 instituições estão preparando atividades junto a suas comunidade em diversas regiões. 

Reformulação do Ensino Médio deve ser feita por medida provisória
Go Code Blocks abre inscrições a alunos do Ensino Médio de Torres

Na Capital, entre as ações de destaque está a realização de uma aula ao ar livre no centro da cidade. A iniciativa é do Colégio Monteiro Lobato. O Santa Inês, no bairro Petrópolis, pretende distribuir na vizinhança mil tsurus de origami. O tsuru é uma das aves mais apreciadas na cultura asiática e está relacionada à busca pela paz na humanidade.

No Dom Bosco a ideia é promover um recreio especial, com diferentes atividades protagonizadas por alunos dos turnos da manhã e da tarde. Haverá momentos de espiritualidade e reflexão, atividades musicais, práticas ecológicas e um grande abraço coletivo no pátio. 

As instituições do Interior também se mobilizaram. Em Dois Irmãos, no Vale do Sinos, o Colégio Imaculada Conceição organizou uma caminhada, às 10h15min, com alunos do Ensino Fundamental. À tarde, haverá cavalgada pela paz com alunos da Educação Infantil e seus cavalos de pau.


 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.