Cuidado, é golpe!

Saiba o que fazer ao receber falsos e-mails da Receita Federal

Instituição federal alerta para tentativas de fraude eletrônica e aplicação de golpes via e-mail. Receita avisa que não manda mensagens desse tipo.

05/09/2016 - 11h42min | Atualizada em 05/09/2016 - 12h17min
Saiba o que fazer ao receber falsos e-mails da Receita Federal Reprodução / Receita Federal/Receita Federal
Foto: Reprodução / Receita Federal / Receita Federal

Para quem recebeu, do nada, um e-mail da Receita Federal alertando sobre possíveis pendências e pedindo para clicar no link anexo, cuidado. Segundo a Receita Federal, é tentativa de golpe. O órgão está alertando para essa tática que, ao usar o nome da instituição, faz muita gente tremer na base e acionar os links.

Leia mais:
Veja como participar da Maratona de Escolha Profissional da UFRGS
Medo da urna eletrônica? Veja como simular o voto sem sair de casa

A Receita esclarece que não envia mensagens via e-mail sem a autorização do contribuinte, nem autoriza terceiros a fazê-lo em seu nome. A única forma de comunicação eletrônica com o contribuinte é por meio do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), localizado somente em sua página na Internet: www.receita.fazenda.gov.br.

As mensagens usam nomes e timbres oficiais e tentam iludir com de telas que misturam instruções verdadeiras e falsas. A tentativa é de obter informações fiscais, cadastrais e financeiras. Os links contidos em determinados pontos indicados na correspondência costumam ser a porta de entrada para vírus e malwares no computador. Veja o que fazer se esses e-mails estiverem na sua caixa.


 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.