Tecnologia

EUA proíbem celulares Samsung Galaxy Note 7 em voos

Medida também foi tomada por companhias aéreas do Canadá, Ásia e outras regiões nas quais o aparelho foi vendido

Por: Estadão Conteúdo
15/10/2016 - 18h28min | Atualizada em 15/10/2016 - 18h28min
EUA proíbem celulares Samsung Galaxy Note 7 em voos reprodução/Divulgação
Foto: reprodução / Divulgação

A proibição generalizada de celulares Samsung Galaxy Note 7 em aeronaves entrou em vigor neste sábado, após autoridades de segurança aérea dos Estados Unidos terem considerado o dispositivo como potencial causador de incêndios. As autoridades norte-americanas sinalizaram a proibição de levar os celulares em aeronaves, incluindo em bagagem despachada, em todos os voos domésticos e internacionais.

A medida também foi tomada por companhias aéreas do Canadá, Ásia e outras regiões nas quais o aparelho foi vendido. As empresas atualizaram as recomendações para os passageiros em seus sites e devem avisar os clientes da proibição antes e depois da decolagem. Um porta-voz da Samsung afirmou que está trabalhando com operadores para comunicar a proibição aos passageiros.

A secretária de Transporte dos Estados Unidos, Anthony Foxx, disse na sexta-feira que os passageiros que tentarem levar os celulares nos voos podem ter o aparelho confiscado e serem cobrados multas de até US$ 180 mil ou possíveis processos, caso tentem esconder os telefones nas malas despachadas.

As companhias aéreas na Ásia, incluindo a Singapore Airlines e a Qantas Airways seguiram a recomendação dos Estados Unidos, enquanto a principal reguladora aérea da Europa deixou inalterada suas interações de que os telefones podem ser levados, desde que permaneçam desligados.

 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.