Recortes de Viagem

Dicas sobre coisas que você NÃO deve fazer em um cruzeiro

Há regras básicas para seguir quando você está a bordo de um navio

09/01/2017 - 08h02min | Atualizada em 09/01/2017 - 08h02min

Como se está em plena temporada de cruzeiros no país, achei legal publicar essas dicas que a Dreamlines, especialista em cruzeiros, preparou, em dezembro, especialmente para marinheiros de primeira viagem.

Confira as nove dicas abaixo (e, neste link, um infográfico animado divertido com as mesmas sugestões aos viajantes).

1. Mesmo quando as áreas de piscina estiverem lotadas, tomar sol nos botes salva-vidas não é uma boa ideia. Além de não ser permitido, pode ser perigoso.

2. Você acha que uma das vantagens de uma cabine com varanda é poder secar as toalhas no parapeito? Parece uma boa ideia, mas, na realidade, com a brisa do mar, as toalhas podem sair voando mais rápido do que você pode gritar "Toalha ao mar!".

Foto: Reprodução

3. Assim como com as toalhas, você também deve ter cuidado quando se apoiar no parapeito. Mesmo se a selfie na varanda com o pôr do sol ao fundo ficar muito melhor, mantenha uma distância segura do parapeito. Às vezes acontece de algum passageiro sofrer uma queda e precisar ser resgatado e, geralmente, álcool está envolvido no acidente.

4. Use sempre as piscinas e nunca pule do navio no mar. Após um dia em um dos portos de escala, caso você se atrase para voltar ao navio, não pule no mar para tentar nadar até o navio. Pode funcionar em filmes, mas na vida real é uma ideia muito perigosa.

Foto: Reprodução

5. Com um look náutico, você pode ficar muito elegante a bordo de um cruzeiro. Mas para aqueles que estão na parte de trás do navio, recomenda-se que não usem roupas brancas, pois a fuligem da chaminé do navio pode deixar manchas escuras nas roupas.

Foto: Reprodução

6. Durante a viagem, o cartão de bordo é a chave do seu quarto e cartão de crédito a bordo. Lembre-se disso quando entregar seu cartão para seus filhos adolescentes para não ter surpresas desagradáveis ao final do seu cruzeiro. Na recepção do navio, você pode solicitar a qualquer momento quais despesas foram feitas com seu cartão de bordo.

7. Na última noite de viagem, os passageiros devem deixar as malas prontas para que a tripulação as recolha antes do desembarque. Muito importante: não deixe só o pijama na cabine, você vai precisar de roupas para o dia do desembarque. Difícil de acreditar, mas acontece de às vezes hóspedes desembarcarem de pijamas.

Foto: Reprodução

8. A tripulação mora a bordo, muitas vezes por até seis meses. Mesmo se você tiver muita curiosidade do que acontece nas áreas exclusivas da tripulação, ou se tiver uma pergunta para seu atendente de bordo, respeite a privacidade da tripulação e permaneça nas áreas públicas.

9. Aqueles que gostam de dormir até tarde muitas vezes perdem um importante evento durante o cruzeiro: a chegada em um porto. Você não pode perder essa experiência. O tempo de escala em um destino é de cerca de 10 horas. Levantando cedo, você tem mais tempo de explorar a cidade de destino.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.