Interiores

Apartamento de 60 metros quadrados com um toque modernista

Projeto do Casa 100 Arquitetura, de São Paulo, é ideal para jovem solteiro

16/02/2017 - 07h00min | Atualizada em 16/02/2017 - 07h00min

Nestes 60 metros quadrados são encontrados alguns conceitos que traduzem a vida contemporânea, como integração de espaços e poucas e boas escolhas para móveis. Assim como um toque da estética modernista. Assinado pelos arquitetos Diogo Luz e José Guilherme Carceles, do escritório Casa 100 Arquitetura, de São Paulo, o projeto para um jovem solteiro é prático, mas sem perder a bossa.

Entre as surpresas estruturais do imóvel novo, estava a presença de um robusto pilar redondo na varanda, que foi valorizado pela dupla com a cor eleita para o tapete e os armários da cozinha: o azul-klein.

– Era importante escolher um tom forte para que não ficasse tudo muito cinza – explica José Guilherme.

Não que o tom do momento não seja bastante valorizado: está presente no cimento do piso, na laca de móveis estratégicos e na pedra Neolith, da marca Beton, na bancada da pia. Assim como em uma das soluções mais charmosas do apartamento, a chapa metálica perfurada que divide a cama do setor do closet:

– A cabeceira é usada como divisória de ambiente e também como baú.

O forro de gesso foi usado para uma série de soluções funcionais, como o trilho automatizado da televisão, que permite que o aparelho seja visto tanto na cama quanto na área social. Sobre a bancada alta de pedra sintética technostone branco, posicionada atrás do sofá, no lugar de usar um conjunto de pendentes individuais, uma luminária linear foi instalada de forma deslocada no tampo. Um efeito charmoso que foge do lugar-comum. 

Leia mais
Obra rápida para um espaço que vai funcionar poucos meses
Veja como criar ideias com cores neutras e poucos e bons materiais

Iluminação natural
Sempre que é preciso dosar a quantidade de luz, persianas modelo rolô com blackout são acionadas. Peças de design assinado pontuam a sala, como o sofá e as cadeiras da mesa da Carbono Design e o banco do Estudiobola

Foto: Quadra 2 / Divulgação

Pínus estratégico
Esta madeira foi escolhida para o closet ao fundo e o volume de parede que também disfarça a porta do banheiro principal

Foto: Quadra 2 / Divulgação

Home office demarcado
A mesa do computador (à direita na foto) tem seu recanto definido por trabalho no forro, com ripas, e por prateleiras. A porta ao lado é o acesso para o lavabo

Foto: Quadra 2 / Divulgação

Dicas dos arquitetos
1. Para ganhar espaço para o closet, a cama foi posicionada mais à frente, e uma circulação ao fundo está setorizada pelas chapas metálicas

2. A coifa da nova churrasqueira na varanda aproveita, por ligação no gesso, o mesmo duto da coifa sobre o fogão da cozinha

3. Móveis são os elementos divisórios dos recantos, como o banco-baú no pé da cama e a bancada branca da cozinha, atrás do sofá

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.