Contas inativas

Comércio aposta em aumento de vendas e pagamento de dívidas com dinheiro do FGTS

Dinheiro começa a ser liberado nesta sexta-feira para quem tem conta inativa e nasceu nos meses de janeiro e fevereiro

07/03/2017 - 16h02min | Atualizada em 07/03/2017 - 16h02min
Comércio aposta em aumento de vendas e pagamento de dívidas com dinheiro do FGTS Omar Freitas/Agencia RBS
Lojas no Centro da Capital têm promoções Foto: Omar Freitas / Agencia RBS  

Nesta sexta-feira, a primeira leva de brasileiros com direito a saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começa a colocar a mão no dinheiro. Quem está de olho nisso é o varejo porque muito dinheiro entrará em circulação: segundo a Caixa Econômica Federal, o saldo total das contas inativas é de R$ 43,6 bilhões.

Leia mais:
Saiba como o Cartão do Cidadão pode facilitar os saques das contas inativas do FGTS
Receita reduz idade em que é exigido CPF de dependentes: veja onde fazer o documento

Grandes redes já começam a veicular comerciais de televisão chamando o consumidor para usar o valor a ser sacado, revelando uma expectativa que toma conta do setor.

– Acreditamos que esses valores das contas irão para o comércio, de uma maneira ou de outra. Uma parte será usada para colocar as contas em dia, e isso libera o crédito para o cliente voltar a consumir. E outra deve ir direto para o consumo – diz o vice-presidente de Pequenas e Médias Empresas da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Porto Alegre, Carlos Frederico Schmaedecke.

Para limpar o nome

O dirigente da CDL Porto Alegre aposta que as lojas irão preparar promoções para a época de saques, mas não prevê uma campanha de vendas específica para esse público. Segundo ele, o período de saque do FGTS é longo, e seria difícil sustentá-la por muito tempo.

No Centro da Capital, nenhuma loja usou na fachada, até esta terça-feira, o saque do FGTS como chamariz. Mas os gerentes conhecem bem o calendário e nutrem esperanças.

Leila Duarte diz que clientes têm falado que vão quitar dívidas com a grana do Fundo Foto: Omar Freitas / Agencia RBS

– Trabalhamos com crediário próprio e estamos com muita inadimplência. O retorno que temos dos clientes é de que estão esperando o saque das contas para quitar débitos. Com isso, esperamos que comprem o que estiver faltando para a casa – espera Leila Duarte, 52 anos, gerente de uma loja de cama, mesa e banho na Rua Vigário José Ignácio, no Centro.

É o que vai acontecer na casa do gerente de vendas Rogério Junges da Cruz, 51 anos, morador do Bairro São Geraldo, na Capital. Pagando conta em uma loja do Centro na manhã desta terça, ele lamentava não ter conta inativa para sacar. Mas a esposa dele tem, e o destino é certo.

O gerente de vendas Rogério Junges da Cruz, 51 anos, diz que esposa usará saque para quitar dívidas. Foto: Omar Freitas / Agencia RBS

– Ela já viu e tem dinheiro para sacar, não muito. E vai usar para colocar as contas em dia. Essa é a prioridade. Hoje estou na fila pagando uma conta, mas esta está em dia – comemora Rogério.

Em uma loja de artigos eletrônicos próxima, o vendedor Alan Santana, 21 anos, espera maior movimento a partir de sexta-feira por causa dos saques. Ele mesmo é um dos beneficiados, devendo receber o dinheiro a partir de abril. Mas, no caso dele, a aplicação é outra.

– Vou casar em novembro. Então, tudo até lá é para ser economizado. Me dei conta deste o começo desse assunto que teria direito a sacar.

Quem pode sacar o FGTS de contas inativas?
– Todo trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015, estando ou não fora do regime do FGTS.

Como saber se possui uma conta inativa?
–  A Caixa colocou no ar um site exclusivo para o trabalhador consultar se tem valor a receber e como fazer o saque.

Quais são as opções de recebimento?
– Acesse o site da Caixa ou ligue no 0800-726-2017 para saber, de forma personalizada, o saldo, data e local mais conveniente para o saque.

De acordo com o perfil, as opções são as seguintes:
– Crédito em conta Caixa: os correntistas poderão autorizar o recebimento do crédito em conta pelo site Caixa.
– Autoatendimento: valores até R$ 1,5 mil apenas com a senha do Cartão Cidadão e valores até R$ 3 mil com Cartão do Cidadão e a senha.
– Correspondentes Caixa Aqui e Lotéricas: valores até R$ 3 mil com documento de identificação do trabalhador, Cartão do Cidadão e senha.
– Agências Caixa


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.