Como vai ser seu dia

Confira a previsão do horóscopo de cada signo para esta sexta-feira

Veja o que o astrólogo Oscar Quiroga descreve para o seu signo

17/03/2017 - 06h00min | Atualizada em 17/03/2017 - 06h00min
Confira a previsão do horóscopo de cada signo para esta sexta-feira arte zh/rbs
Foto: arte zh / rbs  

Uma vez que a ficha cai se torna impossível fingir que se desconhece o que se percebeu. Melhor tocar a bola para frente e jogar no novo cenário que se descortina depois das revelações que tocaram sua alma.

Em vez de você ficar se preocupando com o andamento de tudo que depende de outras pessoas, procure dar um voto de confiança, pois, às vezes as pessoas surpreendem, e de forma positiva. Talvez este seja esse momento.

Há coisas que acontecem independentemente de sua vontade ou dos planos que você tenha arquitetado com cuidado. Depois da inicial surpresa, se torna evidente que esses acontecimentos são melhores do que seus planos.

As contrariedades apontam o caminho certo, mas para aproveitar essa orientação de duvidosa reputação que elas oferecem, em primeiro lugar você há de acalmar o turbilhão de emoções que a contrariedade evoca.

É difícil mostrar generosidade a pessoas com as quais você não simpatiza, mas se assim não for, essa, que você chama de generosidade, não seria nada além de um jogo de interesses. A generosidade há de ser desinteressada.

Dessa vez seria melhor que você permitisse que as rédeas estivessem em mão diferentes das suas, porque, depois do desconforto de descobrir que você não está no controle, descobriria o quão bom isso pode ser.

Seria melhor terceirizar certas tarefas, isso aliviaria bastante o peso que você carrega nesta parte do caminho. Porém, se isso não estiver disponível, então evite carregar mais peso agregando queixas e lamentos.

Agir sem medir as consequências não seria uma boa pedida para o momento, mas você sabe, no fim sua alma sempre faz o que quer, e não necessariamente o que deve fazer ou o que for propício. Conheça melhor sua alma.

Antes de se declarar uma alma cansada de tanto ter de lutar contra adversidades, procure atualizar a clara consciência de que você está aqui e agora no exato lugar aonde seus próprios passos conduziram. É isso.

Você não precisa afastar ninguém para desfrutar os momentos solitários que tanto aprecia, muito menos você precisa demonstrar irritação ou mau-humor para garantir o resultado. Faça isso de forma independente.

Quando se tornar muito difícil fazer uma escolha e, ao mesmo tempo, sua alma se ver obrigada a fazê-la, respire fundo várias vezes e se permita seguir a primeira orientação que surgir, qual um raio, em sua mente.

Que vantagem haveria em deixar de lado suas obrigações para satisfazer caprichos imediatos? Essa atitude resultaria numa dupla perda, desorganizar parte de sua vida e frustrar a expectativa de uma satisfação.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.