Por supostas irregularidades

MEC arquiva processo relacionado à Operação Rodin contra ex-reitores da UFSM

Condenado na operação, ex-reitor Paulo Jorge Sarkis apresentou denúncia contra Clóvis Lima e Felipe Müller

20/03/2017 - 14h45min | Atualizada em 20/03/2017 - 14h51min
MEC arquiva processo relacionado à Operação Rodin contra ex-reitores da UFSM Bruno Maestrin/Agencia RBS
Foto: Bruno Maestrin / Agencia RBS  

Ministério da Educação (MEC) arquivou um processo administrativo disciplinar movido por meio de uma representação feita pelo ex-reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Paulo Jorge Sarkis contra outros ex-reitores. Sarkis, que é um dos réus condenados na Operação Rodin, solicitou ao MEC a abertura do processo para apurar supostas irregularidades na instituição. As informações são da Rádio Gaúcha.

O objeto do processo, movido por Sarkis, tinha como alvo Clovis Lima, ex-reitor da UFSM, e Felipe Müller, então vice-reitor. Os dois comandaram a instituição entre 2005 e 2009.

Leia mais:
Advogado é absolvido pelo TRF4 em processo da Operação Rodin
TRF4 condena 22 réus da Operação Rodin

Sarkis alegou que Lima e Müller teriam sonegado informações e documentos ao Ministério Público Federal (MPF) referentes aos contratos e convênios entre a Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (Fatec) e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), durante a deflagração da Operação Rodin, em 2007. À época, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal desarticularam um esquema de corrupção milionário que lesou o Detran com a atuação de fundações ligadas à UFSM e empresas ¿laranjas¿.

Sarkis também sustentou que, tanto Lima quanto Müller, fizeram denúncias contra ele com o objetivo de prejudicar sua imagem. O ex-reitor trouxe na denúncia, a respeito de um comitê gestor da Fatec – com o objetivo de controlar o contrato entre a fundação e o Detran – que não teria atendido às normas regulamentares.

Ao fim do processo administrativo, o MEC entendeu que Clóvis Lima e Felipe Müller deveriam ser absolvidos do processo administrativo disciplinar ¿por falta de provas de suas culpabilidades¿. A decisão do MEC foi publicada no último dia 14, no Diário Oficial da União.

 






 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.