Saúde

Estado recomenda que vacinação de professores contra gripe seja feita dentro das escolas

Prefeitura de Porto Alegre vai acatar recomendação, e vacinação começa na semana que vem

Por: Rádio Gaúcha
11/04/2017 - 19h40min | Atualizada em 11/04/2017 - 20h27min
Estado recomenda que vacinação de professores contra gripe seja feita dentro das escolas João Vilnei/Divulgação
Foto: João Vilnei / Divulgação  

A Secretaria Estadual de Saúde recomendou que a vacinação contra a gripe para professores seja feita dentro das escolas em todos os municípios do Rio Grande do Sul. O anúncio foi feito pelo secretário João Gabbardo dos Reis nesta terça-feira. A medida, no entanto, será adotada de acordo com a disponibilidade das prefeituras. As informações são da Rádio Gaúcha.

Nos casos em que a vacinação for feita em pré-escolas, as equipes vão aproveitar para vacinar crianças com menos de cinco anos, que estão incluídas nos grupos prioritários. A ideia é facilitar a vacinação para a comunidade escolar:

— Ao invés de os professores terem de se deslocar para os postos de saúde, a ideia é mandar equipes volantes para a vacinação dos professores na própria escola. Aí poderemos aproveitar e vacinar crianças — explica o secretário Gabbardo.

Leia mais:
Campanha de vacinação contra gripe em Porto Alegre começa em 17 de abril
Vacinação contra gripe terá meta de 90% de cobertura para alguns grupos
Vacinas contra gripe já estão disponíveis nas clínicas particulares da Capital

A medida vale apenas para escolas públicas. Professores da rede privada também foram incluídos nos grupos prioritários este ano - no entanto, deverão ir até os postos de saúde portando carteira funcional.

Em Porto Alegre, o secretário Erno Harzheim informou que vai acatar a recomendação da Secretaria Estadual. — Vamos aceitar a sugestão e mandar nossas equipes de atenção primária para vacinar todos os professores. Vamos aproveitar e vacinar outras crianças que possam estar incluídas nos grupos de risco — detalhou.

O cronograma de vacinação em escolas da Capital, que começa na próxima segunda-feira, deve ser divulgado ao longo da semana. Por enquanto, equipes do município estão vacinando idosos, o principal grupo de risco, além de profissionais da área da saúde.

A campanha de vacinação contra a gripe começou nesta segunda-feira em todo o Rio Grande do Sul - grande parte das cidades, no entanto, está vacinando profissionais da área da saúde e inicia a vacinação nos postos na semana que vem.

Grupos prioritários
Na campanha de vacinação contra a gripe deste ano, a novidade é que professores das redes pública e privada poderão se vacinar em unidades de saúde. Os demais grupos prioritários são: pessoas de 60 anos ou mais, crianças entre seis meses e cinco anos, gestantes e mulheres que deram à luz há até 45 dias (puérperas), doentes crônicos, detentos e trabalhadores do sistema prisional.

Leia as últimas notícias


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.