Avaliação geral

Vai comprar um carro usado? Como saber se o veículo está irregular?

Empresa reuniu dicas para o consumidor que quer adquirir um veículo usado com segurança

13/04/2017 - 09h00min | Atualizada em 13/04/2017 - 09h00min
Vai comprar um carro usado? Como saber se o veículo está irregular? Gabriel Haesbaert/Especial
Se for possível, leve seu mecânico de confiança para que ele faça uma avaliação técnica Foto: Gabriel Haesbaert / Especial  

Claudia Chiquitelli
Especial

O consumidor que pensa em compra um veículo usado deve ter alguns cuidados, para não ter problema já no início da aquisição. Nessa hora, é essencial avaliar se o automóvel está em perfeitas condições e também se o valor de mercado está dentro do que se pratica. 

Fazer uma busca pela internet e comparar preços dos seminovos é fundamental. Para o Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi Brasil), o comprador deve desconfiar se o valor do veículo desejado estiver muito abaixo do padrão. Isso pode significar problemas de documentação, restrições e até uma má reparação, o que pode comprometer sua segurança.

Outra opção, conforme a empresa, é fazer a compra em uma concessionária da marca do automóvel que o interessado quer. Algumas dão até três anos de garantia para o veículo seminovo da mesma marca, uma vantagem importante em relação à aquisição em uma loja qualquer ou diretamente de um particular.

Testar é importante

Se o veículo no qual o consumidor está de olho não for muito antigo, peça para fazer um test-drive. Assim é possível avaliar se a posição de dirigir é agradável, se os espaços são adequados ao seu uso e até se a motorização está compatível com seus percursos. Verifique também as funcionalidades do veículo e seus itens de segurança. 

Confira outras dicas da Cesvi Brasil:

- Faça uma busca do carro em fóruns de internet e confira os comentários de outros compradores, sobretudo em versões semelhantes;

- Confira a documentação do veículo junto ao Detran do seu Estado;

- Verifique se a quilometragem está adequada ao desgaste do volante e dos pedais;

- Veículos pouco rodados devem ter poucos sinais de desgaste na lataria e no motor;

- Verifique o estado dos pneus e lembre-se que eles têm data de validade de cinco anos após a fabricação. Essa informação pode ser conferida diretamente na banda lateral do pneu pelo DOT. Ele indica a semana e o ano de fabricação. Exemplo: 0214 — Indica que o pneu foi fabricado na segunda semana de 2014.

- Avalie os vãos de portas e suas aberturas, além da conservação de borrachas de vedação. Todas as portas têm de estar fechando sem esforço, e as borrachas não devem estar ressecadas, com rachaduras.

- Verifique o estado dos carpetes, cheiros e sujeiras excessivas no veículo. Isso pode indicar que o carro sofreu danos em enchente.

- Se for possível, leve seu mecânico de confiança para que ele faça uma avaliação técnica.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.