Saques do FGTS

Agências da Caixa abrirão duas horas mais cedo nesta sexta-feira

Horário especial, a partir das 8h, vai se repetir na segunda e na terça-feira para tratar dos saques das contas inativas

08/05/2017 - 16h39min | Atualizada em 08/05/2017 - 20h03min
Agências da Caixa abrirão duas horas mais cedo nesta sexta-feira Omar Freitas/Agencia RBS
Foto: Omar Freitas / Agencia RBS  

Os trabalhadores que começarão, nesta sexta-feira, a sacar valores das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) terão horário de atendimento ampliado nas agências da Caixa.

Leia mais:
Terceira fase de saques do FGTS começa nesta sexta-feira

Contas inativas do FGTS: saque está liberado, você já conferiu se tem direito?

Esta é a terceira fase de saque das contas inativas do FGTS. Outras duas já ocorreram, com cerca de 91% dos trabalhadores beneficiados realizando a retirada do dinheiro. 

– A quantidade de trabalhadores beneficiados nesta fase corresponde a 25% do total previsto pela Medida Provisório 763 (que liberou os saques das contas) – afirmou a vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Deusdina Pereira.

Nesta sexta, todas as agências da Caixa abrirão duas horas mais cedo, às 8h. O mesmo horário se repetirá na segunda e na terça-feira. Às 6h, os setores de autoatendimento já podem ser usados para saques de valores mais baixos (confira abaixo). No sábado, algumas agências abrirão das 9h às 15h. Esses dias serão especiais para atender as demandas do FGTS.

Entre os dias 10 de março e 3 de maio, a Caixa registrou o pagamento de mais de R$ 16,6 bilhões relativos às contas inativas. O número de trabalhadores nascidos entre janeiro e maio que já sacaram alcançou 10,6 milhões de pessoas, equivalente a 91% do total inicialmente previsto (R$ 18,1 bilhões) e aproximadamente 84% dos trabalhadores (12,5 milhões), nascidos entre janeiro e maio, beneficiados pelos saques.

TIRE AS DÚVIDAS SOBRE OS SAQUES DO FGTS

Quem pode sacar e as datas
– De acordo com a MP 763/16, o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015 pode sacar o saldo da conta vinculada, estando ou não fora do regime do FGTS, respeitado o calendário abaixo. Antes da MP, o trabalhador só poderia sacar caso permanecesse três anos fora do regime do FGTS, em caso de aposentadoria, utilização para moradia, entre outros.
– A partir desta sexta-feira: para os nascidos em junho, julho e agosto.
– A partir de 16 de junho: para os nascidos em setembro, outubro e novembro.
– A partir 14 de julho: para os nascidos em dezembro.
– Nascidos entre janeiro e maios, contemplados nas duas fases anteriores de pagamentos, continuam podendo sacar.
– O pagamento para todos os que tiverem direito será 31 de julho.

Pagamento e documentação
– Valores até R$ 1,5 mil podem ser sacados no autoatendimento, somente com a senha do Cidadão.
– Para valores até R$ 3 mil, o saque pode ser realizado com o Cartão do Cidadão e senha no autoatendimento, lotéricas e correspondentes Caixa.
– Acima de R$ 3 mil, os saques devem ser feitos nas agências da Caixa.
– Os trabalhadores devem sempre ter em mãos o documento de identificação e Carteira de Trabalho ou outro documento que comprove a rescisão de seu contrato. Para valores acima R$ 10 mil, é obrigatória a apresentação de tais documentos.

Clientes da Caixa
– Os que têm poupança individual recebem automaticamente o dinheiro na conta no primeiro dia do calendário referente ao mês de nascimento.
– Somente nesses casos, o beneficiário terá até 31 de agosto para transferir o dinheiro dessa poupança para a conta de outro banco sem taxas.
– Os demais clientes, com contas correntes e poupança conjunta, precisam solicitar o depósito se não desejarem sacar o dinheiro.
– Não haverá cobrança de taxas para essa operação.


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.