Rumo ao Ensino Superior

Quase 30 mil já fizeram inscrição do Enem 2017; candidatos reclamaram de instabilidade no sistema

Expectativa é de que cerca de 7,5 milhões se inscrevam até o dia 19

Por: Agência Brasil
08/05/2017 - 15h34min | Atualizada em 08/05/2017 - 15h34min
Quase 30 mil já fizeram inscrição do Enem 2017; candidatos reclamaram de instabilidade no sistema Reprodução/Inep
Foto: Reprodução / Inep  

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começaram na manhã desta segunda-feira. A previsão era de que o sistema fosse aberto às 10h, mas o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) diz que a abertura foi antecipada para as 8h. Às 11h, 29.783 pessoas tinham concluído suas inscrições no exame. Dessas, 17.670 são do sexo feminino e 12.113, do sexo masculino, segundo balanço do Inep. A expectativa é de que cerca de 7,5 milhões se inscrevam.

As inscrições podem ser feitas até dia 19, na Página do Participante.

Nas redes sociais, enquanto alguns candidatos relatam que se anteciparam e já garantiram a inscrição, outros relataram instabilidade no sistema. Estudantes reclamam que não conseguem concluir a inscrição. Além disso, reclamam de lentidão no site e, logo no início, da ausência das imagens necessárias para a autenticação e prosseguimento das inscrições.

Leia mais:
Enem 2017: inscrições estão abertas; veja passo a passo
Participante do Enem que pedir atendimento especial terá que enviar laudo médico

No início da inscrição, o candidato deve preencher os campos solicitados com o CPF e data de nascimento. Em seguida, é necessário que marque a figura solicitada para autenticação no sistema. Alguns estudantes reclamaram que as opções não apareciam: "Primeiro desafio ENEM 2017: Marcar uma opção invisível", reclama usuário do Twitter, que publicou uma foto da página, que não mostrava as opções.

"Se fazer a inscrição do Enem 2017 já ta difícil, imagina a prova", diz outro usuário da rede social. "Se você conseguir completar a inscrição, já passou", brinca outra.

Outra usuária diz que teve sucesso na inscrição: "Acabei de fazer minhas inscrição do Enem pelo celular. Que top, nem travou".

Segundo o Inep, aaso haja algum problema na hora de inscrição, os candidatos podem acionar o órgão pelo telefone 0800-616161. O atendimento é das 8h às 20h, no horário de Brasília.

Os candidatos reclamam também do aumento da taxa de inscrição do exame, que esse ano é de R$ 82. No ano passado, o exame custou R$ 68. "É inscrição do Enem ou é open bar no camarote?", diz usuário do Twitter.

Sobre o custo do exame, segudo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a correção não só levou em conta a variação de preços pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), como incorporou variações de anos anteriores que deixaram de ser aplicadas e parte da diferença entre o custo do exame e a taxa de inscrição.

Atualmente, o Inep cobre cerca de 70% do custo do exame. No ano passado, por exemplo, o custo, de R$ 91,49 por participante, foi R$ 23,49 acima do valor pago. A autarquia diz que, mesmo com a alta, a inscrição no Enem está abaixo da média dos vestibulares do país, que é R$ 140.

Provas

As provas serão aplicadas em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro. 

O resultado das provas poderá ser usado em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.