Fiscalização

Procon notifica sete postos que elevaram preço do combustível logo após anúncio do governo federal

Órgão pretende verificar se o repasse feito pelos estabelecimentos foi sobre a gasolina comprada pelo preço novo ou pelo antigo

21/07/2017 - 20h29min | Atualizada em 21/07/2017 - 20h29min
Procon notifica sete postos que elevaram preço do combustível logo após anúncio do governo federal Procon / Divulgação/Divulgação
Fiscalização ocorreu na tarde desta sexta-feira (21) Foto: Procon / Divulgação / Divulgação  

O Procon de Porto Alegre desconfiou da elevação imediata no preço da gasolina após o governo federal anunciar aumento nos impostos sobre os combustíveis. No caso da gasolina, conforme estimativa do governo federal, o litro deve ficar R$ 0,41 mais caro. O anúncio da alta nos impostos ocorreu na tarde de quinta-feira (20) e já refletiu-se nos postos nesta sexta-feira (21).

Leia mais
Postos contrariam previsão do governo e aumentam gasolina em até R$ 0,65
É natural reação das indústrias, "ninguém quer tributo", diz Temer
Iotti: Temer e a alta dos impostos


Dos 10 estabelecimentos fiscalizados, sete aumentaram significativamente os valores. Segundo a diretora executiva, Sophia Martini Vial, o Procon notificou os comerciantes para queapresentem a nota de compra da gasolina até segunda-feira. Assim, o órgão pretende verificar se o repasse feito pelos estabelecimentos foi sobre a gasolina comprada pelo preço novo oupelo valor antigo. 

Em alguns estabelecimentos, a gasolina comum estava sendo vendida a R$ 4,19, sendo que última pesquisa de preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), apontava preço médio da gasolina comum a R$ 3,59 na Capital. A fiscalização deve continuar no sábado e ao longo da semana.

Após visitar todos os postos, o Procon pretende divulgar uma lista dos preços no site para estimular a concorrência. Com essa medida, o órgão quer evitar que o repasse aos consumidores seja realizado de forma antecipada. 

— Se o consumidor fidelizar no posto que vende mais barato, vai estimular que os outros também melhorem os preços — destacou a diretora. 

A lista de postos notificados não chegou a ser divulgada pela diretora, pois ela estava sem acesso ao sistema no horário em que a reportagem entrou em contato (às 20h). O resultado das notificações deve ser informado na próxima semana.   

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.