Sobre Rodas

Renault mostra a Alaskan, sua primeira picape média

Com motores diesel e a gasolina, modelo global da marca francesa leva 1,2 tonelada

14/01/2017 - 03h06min | Atualizada em 14/01/2017 - 03h06min

* Publicado no blog Gilberto Leal em 01 de julho de 2016

Visual robusto, nova identidade da marca, iluminação diurna em LEDs e rodas de 16 ou 18¿ Foto: Renault / Divulgação

    Avançar no segmento de picapes é o novo objetivo da Renault que, depois de lançar a Duster Oroch, em 2015, agora mostra seu segundo modelo, maior, mais potente e capacidade de carga para uma tonelada. A apresentação da Alaskan ocorreu nesta quinta-feira, na Colômbia, onde o veículo chegará em outubro importado do México. Tudo indica que só chegará ao Brasil em 2018, quando começará a produção na Argentina. A nova Renault foi desenvolvida em conjunto com a Nissan, na FrançaJapão e América Latina, com o objetivo de ser um veículo global que num primeiro momento será destinado a América Latina, onde acirrará a concorrência com a Chevrolet S10 e a Toyota Hilux, e a Europa.

Foto: Renault / Divulgação

    A produção da Alaskan começará pelo México e Espanha chegando depois à planta Argentina. A arquitetura da picape média da marca francesa é a mesma da nova geração da Nissan Frontier  e que também será montada no país do Prata. Projetada para a cidade e o trabalho, para levar levar 1,2 tonelada de carga e ter a capacidade de reboque de até 3,5 toneladas. As diversas opções de carroceria vão desde a cabine simples até a cabine dupla e chassi-cabine, com caçamba curta ou alongada e carroceria estreita ou larga. A suspensão traseira de eixo rígido terá cinco pontos de ancoragem. As opções de motores são os quatro cilindros 2.5 diesel de dois turbo compressores que geram de 160 a 190 cv, e um a gasolina 2.5 de 160 cv, e  câmbios manual de seis marchas e automático de sete velocidades. Os sistemas de tração são o 4×2 e 4×4 com reduzida e diferencial traseiro blocante.

Interior sofisticado e central multimídia com tela de sete polegadas Foto: Renault / Divulgação

O interior da picape média Renault é diferenciado da irmã Frontier pelo quadro de instrumentos e volante.O acabamento varia de acordo com a versão e inclui volante multifuncional, assentos dianteiros com aquecimento, ar-condicionado automático de duas zonas e saídas ajustáveis para o banco traseiro, partida por botão, tela colorida de 5 polegadas 3D TFT com dados do computador de bordo e veículo, central multimídia com tela de sete polegadas sensível ao toque, sistema de navegação por GPS, rádio AM/FM, CD player, Bluetooth e viva-voz. Traz ainda o  sistema de visão 360 graus para auxilio nas manobras de estacionamento, com quatro câmeras nos para-choques dianteiro e traseiro e nos retrovisores externos.

Alaskan conta com assistência de partida em rampa (HSA), controle de descida em declives (HDC), controle eletrônico de estabilidade, freios com antibloqueio das rodas (ABS), distribuição eletrônica de frenagem (EBD), assistência à frenagem (BA) e controle de estabilidade (ESP).

 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.