Test-drive

JAC T5 automático CVT, conjunto propulsor eficiente, bem completo e ótima relação custo/benefício

Utilitário esportivo chinês oferece conforto, espaço e recursos eletrônicos de informação e lazer e que auxiliam a condução

Por: Gilberto Leal
20/04/2017 - 09h00min | Atualizada em 20/04/2017 - 09h00min

O T5 chama a atenção por qualidades como o design, o conforto e a dirigibilidade. Um dos modelos importados entre os mais vendido no país, remete aos concorrentes de preço superior pelo nível de conteúdo que supera modelos nacionais mais caros. O utilitário esportivo surpreende surpreende ao superar dúvidas. quebrar barreiras e preconceitos em relação aos carros chineses, reforçados pela garantia de seis anosAvaliado por 700 quilômetros, o T5 mostrou ser uma boa opção para o uso diário na cidade ou na estrada nos finais de semana ao atender às necessidades de quem precisa de espaço e conforto e quer pagar um preço honesto. O JAC T5 CVT 2017  custa a partir de R$ 69.900.

A ampla grade cromada, os faróis alongados, os auxiliares de neblina e a iluminação diurna em LED valorizam o visual Foto: Priscila Nunes/Especial

Com 4,325 metros de comprimento, 1,765 m de largura, 1,625 m de a e 2,56 m de entre-eixos, o espaço interno é bem distribuído. Suficiente para acomodar com conforto os passageiros da frente e também dois adultos e uma criança atrás. De sobra, o generoso porta-malas com capacidade de 600 litros, suficiente para levar a bagagem de toda família em viagens. 

O revestimento em couro sintético com  detalhes em preto brilhante e cromados destacam o interior Foto: Priscila Nunes/Especial

O acabamento interno combina couro sintético com costuras vermelhas e detalhes em preto brilhante e cromados. Os bancos contam com apoio lateral. O volante é do tipo funcional. Os dois mostradores analógicos do quadro de instrumentos são separados por tela. O ar-condicionado digital automático reduz rapidamente a temperatura no interior, mesmo sem saídas para o banco traseiro. A central multimídia conta com tela de oito polegadas com espelhamento para celular, câmera de ré conexão, Bluetooth, MP3, entradas HDMI, USB e SD Card. 

Mostradores analógicos projetados separados por tela  digital,e volante multifuncional revestido em couro Foto: Priscila Nunes/Especial

O crossover chinês tem controlador eletrônico de velocidade, monitor de pressão dos pneus, sensor de estacionamento, entre outros. O vidros, travamento das portas e retrovisores contam com comandos elétricos. O banco traseiro bipartido 40/60 tem sistema Isofix para fixação de duas cadeirinhas infantis. Os cintos de segurança são de três pontos e os cinco ocupantes contam com encostos de cabeça.

A linha de cintura alta e a ampla área envidraçada chamam a atenção no estacionamento a beira do Rio Guaíba Foto: Priscila Nunes/Especial

Bem calibrada, a direção de assistência elétrica, macia na cidade, facilita acompanhar o trânsito e facilita manobras de estacionamento. Precisa na estrada, não chega comprometer em velocidades elevadas. Os pneus 205/R16 ajudam e a suspensão macia absorve as irregularidades do pavimento, principalmente nas ruas, sem comprometer o conforto, mas sente ao rodar no paralelepípedo. 

O  motor 1.5 de até 127 cv em conjunto com o  câmbio contínuo variável puxa bem o utilitário chinês Foto: Gilberto Leal

O câmbio contínuo variável distribui bem os 125 cv e os 15,5 kgfm de força (torque) quando abastecido com gasolina até os 127 cv (etanol) e 15,7 kgfm (etanol) do motor 1.5 com quatro válvulas por cilindro e comando variável. Potência suficiente para puxar os 1.220 quilos do T5. O utilitário esportivo roda suave com aceleração progressiva no uso urbano normal ou em velocidade constante na estrada. A 80 km/h ou mesmo a 110 km/h, o conjunto propulsor é silencioso e o nível de ruído baixo. As respostas são rápidas em rotações médias do motor e o ruído interno só aumenta em giros mais elevados. O sistema de troca sequencial acionado na própria alavanca simula seis marchas e acelera a retomada de velocidade. O modo Sport melhora o desempenho ao trabalhar em rotações mais elevadas. 

Os três passageiros do banco traseiro contam com a proteção dos  cintos de três pontos e dos encostos de cabeça Foto: Priscila Nunes/Especial

O sistema bicombustível JetFlex dispensa o tanquinho auxiliar de gasolina para partida a frio. Os controles eletrônicos de tração (ESP) e de estabilidade (TCS), o distribuidor eletrônico de frenagem (EBD) e o assistente de partida em rampas (HSA) facilitam aproveitar o potência do conjunto propulsor, auxiliam a condução e aumentam a segurança em situações de risco. O T5 conta ainda com o assistente para frenagens de pânico (BAS).

O consumo modesto de combustível depende muito do fluxo do trânsito , principalmente nas ruas Foto: Priscila Nunes/Especial

O utilitário esportivo é modesto no consumo de combustível. O T5 recebeu do Inmetro as médias de de 9,6 km/l (gasolina) e 6,8 km/l (etanol) na cidade e de 12,2 km/l (g) e 8,2 km/l (etanol) na estrada. No test-drive, variaram de 9,1 km/l a 10,1 km/l no percurso urbano. Com condutor e acompanhante, na estrada, em velocidade constante de 80 km/h, ficaram entre 13,9 km/l a 15,7 km/l caindo para 12,3 km/l a 14,1 km/l a 110 km/h. 

Foto: Gilberto Leal

A jornalista Priscila Nunes, que também dirigiu o T5, gostou do utilitário esportivo da JAC, por não deixar nada a desejar. ¿Completo por dentro e com bela aparência é uma boa opção para as mulheres. Quando testei, logo me senti familiarizada. O câmbio automático e o motor expressam o conforto e a segurança do carro¿. Priscila elogiou o design do carro na cor branca,  os faróis com assinatura em LED e as lanternas traseiras.

- Também despertou meus olhares no suporte para colocar bagagens na parte superior, que é útil para colocar itens de lazer. Logo no início do test-drive, imaginei se eu fosse a proprietária do veículo. Com certeza, teria diversas histórias para contar nas estradas da vida -. 

As generosas lanternas, o aerofólio no teto, o para-choque as as ponteiras do escapamento harmonizam a traseira Foto: Priscila Nunes/Especial

Conclusão: O Jac T5 atende quem busca um utilitário esportivo com visual atualizado, generoso espaço interno e para a bagagem, bem equipado, bom conjunto propulsor e ótima relação custo/benefício em relação aos concorrentes.

Foto: Priscila Nunes/Especial


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.