Litoral gaúcho

Rio Grande do Sul tem oito pontos impróprios para banho, diz Fepam

Houve aumento no número de locais na comparação com o relatório anterior, divulgado na semana passada

07/01/2017 - 03h09min
Rio Grande do Sul tem oito pontos impróprios para banho, diz Fepam Félix Zucco / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Félix Zucco / Agência RBS / Agência RBS  

Oito pontos estão impróprios para banho no Rio Grande do Sul, segundo relatório divulgado na última sexta-feira pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam). Houve aumento no número de locais na comparação com o relatório anterior, da semana passada.

A praia da Capilha, em Rio Grande, entrou para a lista dos pontos sem condições de balneabilidade. Na mesma região, as águas do Camping Municipal, em Cristal, e da praia da Barrinha, em São Lourenço do Sul, também seguem impróprias.

Leia mais
Operação Golfinho registra aumento de 26% nos salvamentos
Deslocamento em direção ao Litoral é intenso neste final de semana
Febre nos anos 1980, fliperamas resistem apesar da pouca clientela nas praias do Litoral Norte

Na região do Guaíba, o banho está proibido nas praias Carlos Larger, em Candelária, da Alegria e da Florida, em Guaíba, e na praia Recanto das Mulatas, em Barra do Ribeiro.

Já o Litoral Norte, a lagoa do Peixoto, em Osório, continua poluída. 

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.