Praia

Sol atrai multidão às areias de Capão da Canoa

Encontrar lugar para cadeiras e guarda-sóis foi uma tarefa difícil no fim da manhã deste domingo

05/02/2017 - 17h06min | Atualizada em 05/02/2017 - 17h06min
Sol atrai multidão às areias de Capão da Canoa Bruno Alencastro / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Bruno Alencastro / Agência RBS / Agência RBS  

O domingo de sol e calor atraiu uma multidão à beira-mar de Capão de Canoa. No final da manhã, encontrar lugar para cadeiras e guarda-sóis foi uma tarefa difícil. 

Quem curtiu a segunda e última noite de atrações do Planeta Atlântida e dormiu até mais tarde acabou perdendo o melhor período – a partir do início da tarde, a nebulosidade começou a se intensificar. O mar já não exibia a cor clara que encantou os banhistas até dias atrás – gradualmente, parece estar retornando ao ¿chocolatão¿ habitual. 

Leia também:
Dia de surfe e banho de mar para pessoas com deficiência em Tramandaí
Dicas saborosas para não cair nas tentações da praia e sair da dieta

Vitor Arthur Schuck, oito anos, de Santa Cruz do Sul, não se importou: em seu segundo veraneio munido de prancha de bodyboard, demonstrava habilidade para pegar ondas, num vaivém incessante.

– Ele aprendeu sozinho. Não teve treinamento nenhum – orgulhava-se a mãe, a universitária Silvana Spall, 41 anos.

Junto à guarita 75, o grande número de reclamações referentes a queimaduras de mães d¿água – foram 15 ferimentos em um intervalo de duas horas – levou os salva-vidas a fincarem na areia uma bandeira de alerta: ¿Atenção! Infestação de águas-vivas!¿.

 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.