Em greve

Funcionários da UFRGS ocupam prédio da universidade

Categoria montou acampamento após saber de adiamento de reunião com o governo

Atualizada em 31/07/2012 | 16h5530/07/2012 | 21h11

Em greve há 49 dias para negociar aumento nos salários, servidores técnico-administrativos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) ocupavam, no início da noite, um prédio da universidade em Porto Alegre. O acampamento foi montado em frente ao portão de entrada do Centro de Processamento de Dados da UFRGS. Apenas servidores da segurança e da manutenção dos equipamentos tinham a passagem autorizada.

Segundo a Federação de Sindicatos de Trabalhadores em Educação das Universidades Brasileiras (Fasubra), a ocupação será mantida até que os servidores tenham suas reivindicações atendidas. Os funcionários prometem não realizar matrículas nem vestibular.

A categoria decidiu pela ocupação quando soube do adiamento da reunião de negociação marcada pelo governo federal. O encontro, que ocorreria nesta terça-feira, foi transferido para o dia 12 de agosto.

Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.