Tempo de ler

Programa da prova de literatura do vestibular da UFRGS tem 75 autores

Confira dicas do professor Diego Grando para priorizar alguns temas

29/10/2013 | 05h06
Programa da prova de literatura do vestibular da UFRGS tem 75 autores BD/Reprodução
No centenário, Vinicius de Moraes pode ser uma das apostas da prova Foto: BD / Reprodução

No programa da prova de Literatura do vestibular 2014 da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), constam 75 autores diferentes, além de algumas escolas e períodos literários. Tudo bem que 10 desses escritores já apareciam na lista de leituras obrigatórias, mas, ainda assim, não é coisa pouca.

— Literatura talvez seja uma das provas para a qual o aluno mais tenha que estudar, mas também a que mais deixe conteúdos de fora — avalia Diego Grando, professor do Grupo Unificado.

Então, como lidar? Uma saída é analisar o histórico das provas. Segundo Grando, é provável que o teste siga sendo organizado cronologicamente.

>> Confira o programa de conteúdos na página 35 do manual da UFRGS

No vestibular de 2012, a prova foi bastante criticada por abandonar esse tipo de organização na ordem das questões. Porém, isso parece ter sido uma exceção, tanto que, na prova deste ano, o critério voltou a ser usado.

Em 2013, quando a média de acerto foi de 10,9255, 19 das 25 questões cobraram as leituras obrigatórias.

Além disso, a UFRGS deu ênfase aos autores que constavam no programa da universidade, com forte presença de escritores contemporâneos, como Caio Fernando Abreu. No ano anterior, a média foi um pouco mais baixa: 10,7234.

— Agora, temos dois gaúchos nas leituras obrigatórias, Lya Luft e Moacyr Scliar. Não apostaria em mais um autor do RS para tema de uma questão sobre os contemporâneos — afirma Grando.

Confira mais dicas do professor Diego Grando:

- Vinicius de Moraes completaria cem anos em 2013. Talvez seja a bola da vez entre os modernistas pelo fator histórico.

- Camões, Gil Vicente, relatos de viajantes e árcades. Desse grupo, deve sair uma questão. Em 2013, não caiu Arcadismo.

- Revise poesia romântica. Há grandes chances de haver uma questão sobre o tema, pois não há poetas da escola entre as leituras obrigatórias.

- Entre os pré-modernistas, fique atento a Euclides da Cunha, Lima Barreto e Monteiro Lobato.

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.