Templos da leitura

Para mergulhar nos livros, conheça sete bibliotecas públicas em Porto Alegre

Reportagem é a primeira de série do caderno Vestibular sobre lugares para estudar fora de casa

Por: Guilherme Justino
10/07/2014 - 07h01min
Para mergulhar nos livros, conheça sete bibliotecas públicas em Porto Alegre Fernando Gomes/Agencia RBS
Bibliotecas dispõem de mesas, cadeiras, livros didáticos e o bem mais importante para a concentração: silêncio Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS  

Quer se dedicar aos livros, mas não encontra um ambiente adequado? O caderno Vestibular começa nesta semana a destacar locais públicos que podem servir de sala de estudos – sem as distrações do lar, doce lar

Estudar em casa nem sempre é fácil: de repente a mãe pede um favor, o cachorro late, o telefone toca, uma visita chega. E há sempre o apelo da internet, seja com o pipocar de uma notificação, um novo e-mail ou uma mensagem (que parece) urgente. As distrações são muitas, e começar aquela leitura ou se preparar para os exercícios exige muita concentração. Que tal, então, escolher um lugar onde você consiga se focar somente nos estudos – e assim se preparar para o vestibular e o Enem?

Para ajudar nessa tarefa, selecionamos alguns locais que combinam silêncio, comodidade, liberdade e segurança, requisitos básicos para uma boa sessão de leitura. Nesta primeira reportagem, visitamos uma série de bibliotecas públicas em Porto Alegre que oferecem, além de ambiente adequado, empréstimo de livros, inclusive didáticos: ideal para quem deseja revisar uma matéria ou colocar as leituras obrigatórias em dia.

Público jovem é pouco frequente

Em meio a milhares de volumes enfileirados em estantes, mesas e cadeiras convidam à leitura: desde crianças imersas em páginas multicoloridas até idosos se atualizando com o jornal do dia. Nesse panorama, tem sido raro encontrar estudantes com lápis e borracha em punho, mochila abraçada no assento e olhar fixo nas letras. Comum antes do advento da internet, esse cenário anda menos frequente, agora que todo conteúdo está a um clique de distância.

– Antigamente, o estudo dependia principalmente dos livros. Já tivemos muito mais movimento aqui, de alunos de vários colégios, mas agora, com a internet, isso tem diminuído – afirma a funcionária pública estadual Dione Demarchi, que há 21 anos trabalha na Biblioteca Pública Leopoldo Boeck, no Jardim Itu-Sabará, zona norte da Capital.

Dione explica que o local recebe um público variado e diariamente ainda é visitado por 15 ou 20 pessoas, mas o fluxo de jovens estudantes costuma ser ínfimo.

Mesmo assim, poucos ambientes são mais propícios a uma boa rodada de leitura. Entre as milhares de obras disponíveis para consulta gratuita, estão autores brasileiros e estrangeiros, quase sempre incluindo os escritores cobrados nas leituras obrigatórias da UFRGS e aqueles que caem nas provas. Há ainda espaço para o material didático, mas para quem está interessado nesse aspecto, o ideal é levar material de casa – aquele mesmo que sempre acompanha você na escola ou no cursinho.

O conforto, geralmente, não é o forte: as cadeiras e mesas de madeira lembram aquelas da escola – o que não é necessariamente ruim, afinal, remete ao lugar em que cada jovem dedica anos ao aprendizado. O silêncio e a distância das distrações são outro destaque, ainda que muitas dessas instalações estejam se atualizando e oferecendo acesso à internet – o que pode ser visto como desvantajoso por quem busca concentração.

Mesmo em meio à loucura do centro de Porto Alegre, há locais onde se pode estudar com tranquilidade. Apenas na Casa de Cultura Mario Quintana, três bibliotecas convidam à leitura (confira abaixo). O local pode repelir o visitante por estar em reforma, promovendo obras barulhentas que devem seguir até o fim do ano, mas lá dentro há bons espaços para quem quer estudar. Aliás, mesmo no Centro é comum encontrar pessoas lendo no banquinho de uma praça, em algum espaço cultural ou em parques. Mas deixamos essas indicações para a próxima reportagem.

E você, tem algum bom local aberto ao público para recomendar a quem quer estudar fora de casa? Envie sua dica para o caderno Vestibular no Facebook (facebook.com/vestibularzh).

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.