Ranking

Saiba quais são os países com os passaportes mais poderosos do mundo em 2016

Alemanha lidera a lista pelo segundo ano seguido. Brasil está na 21ª colocação

06/09/2016 - 18h19min
Saiba quais são os países com os passaportes mais poderosos do mundo em 2016 Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução

Os cidadãos da Alemanha possuem o passaporte mais poderoso do mundo em 2016, segundo ranking anual divulgado pela empresa Henley & Partners. Os alemães podem visitar 177 países (de possíveis 218) sem precisar de visto. No ano passado, a Alemanha dividiu a liderança com o Reino Unido, que caiu para a terceira colocação (172 países).

O Brasil ficou na 21ª posição, ao lado de Bulgária e Romênia, com a possibilidade de visitar 153 países sem visto. Em 2015, era o 20º no levantamento.

Leia também
Cônsul da Itália afirma que processo de cidadania não mudou 
Confira as melhores empresas aéreas do mundo em 2016
VÍDEO: como fazer o passaporte

O melhor passaporte sul-americano, de acordo com a lista, é o chileno, que permite a entrada em 155 países sem visto (19ª colocação). Logo em seguida, na 22ª posição, aparece a Argentina (152 países).

No outro extremo está o Afeganistão (104º lugar), cujos cidadãos possuem o passaporte mais fraco do mundo — abre as portas de apenas 25 países sem visto. Nas posições anteriores, estão Paquistão (103), Iraque (102), Somália (101) e Síria (100). Na América do Sul, o pior colocado é a Bolívia (66º lugar, 72 países).

"Quatro países em particular evoluíram muito: Tonga, que subiu 16 colocações; Palau, 20; Colômbia, 25; e o Timor Leste, 33", comentou a Henley & Partners.

Confira os 25 melhores colocados a seguir:

1. Alemanha (177 países podem ser visitados sem visto)
2. Suécia (176)
3. Finlândia, França, Itália, Espanha e Reino Unido (175)
4. Bélgica, Dinamarca, Países Baixos e Estados Unidos (174)
5. Áustria, Japão e Cingapura (173)
6. Canadá, Irlanda, Coreia do Sul, Luxemburgo, Noruega, Portugal e Suíça (172)
7. Grécia e Nova Zelândia (171)
8. Austrália (169)
9. Malta (168)
10. Hungria, República Tcheca e Islândia (167)
11. Eslováquia (165)
12. Liechtenstein, Malásia e Eslovênia (164)
13. Letônia (163)
14. Estônia e Lituânia (162)
15. Polônia (161)
16. Mônaco (160)
17. Chipre (159)
18. San Marino (156)
19. Chile (155)
20. Hong Kong (154)
21. Brasil, Bulgária e Romênia (153)
22. Andorra e Argentina (152)
23. Brunei (151)
24. Croácia (149)
25. Israel (147)

A evolução de alguns países no ranking:

Foto: Henley & Partners / Reprodução

E os piores colocados de 2016:

104. Afeganistão (25)
103. Paquistão (29)
102. Iraque (30)
101. Somália (31)
100. Síria (32)
99. Líbia (36)
98. Eritréia, Etiópia, Irã, Nepal, Territórios Palestinos e Sudão (37)
97. Kosovo, Sudão do Sul e Iemen (38)
96. Bangladesh, República Democrática do Congo, Líbano e Sri Lanka (39)
95. Burundi, Coreia do Norte e Myanmar (42)

Confira a lista completa aqui (em inglês).


 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.